Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2017
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 17º

Edição

Rússia acusa aviação belga de ter matado seis civis perto de Alepo

A Rússia acusou hoje a aviação belga, que faz parte da coligação internacional liderada pelos Estados Unidos que combate o grupo extremista Estado Islâmico na Síria, de ter matado seis civis na sequência de bombardeamentos na região de Alepo.

Rússia acusa aviação belga de ter matado seis civis perto de Alepo
Notícias ao Minuto

08:23 - 19/10/16 por Lusa

Mundo Síria

"Seis pessoas foram mortas e quatro outras ficaram feridas, com diferentes graus de gravidade, na sequência de um bombardeamento que destruiu as suas casas", na madrugada de terça-feira na localidade de Khassadjek, na região de Alepo, segundo um comunicado do Ministério da Defesa russo.

"Os aviões russos e sírios não estavam presentes nessa zona. Mas os aviões da coligação internacional efetuaram missões na região. (...) Dois F-16 da aviação belga foram vistos nessa zona no momento" do bombardeamento, refere a mesma nota citada pela agência AFP.

A porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, Maria Zakharova, afirmou ironicamente, por sua parte, no Facebook, esperar uma "forte condenação do Departamento de Estado norte-americano relativamente a ataques contra alvos civis".

"Penso que as fotografias dos mortos não serão difíceis de encontrar para lançar uma campanha apropriada na CNN", disse, numa referência ao impacto internacional que a imagem de Omran, um menino de cinco anos que escapou a bombardeamentos em Alepo, suscitou em todo o mundo.

A Rússia anunciou na terça-feira a suspensão dos raides aéreos russos e sírios sobre Alepo como um sinal de "boa vontade" e para permitir a retirada de civis dos bairros rebeldes daquela cidade intensamente bombardeada há aproximadamente um mês.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório