Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2020
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Sociedade italiana passa a deter 60% do Parma e põe fim a domínio chinês

A sociedade de investimento italiana Nuovo Inizio passou a deter 60% das ações do Parma, clube da primeira divisão italiana de futebol, colocando fim ao domínio chinês no clube, que pertencia ao grupo Desports.

Sociedade italiana passa a deter 60% do Parma e põe fim a domínio chinês
Notícias ao Minuto

15:45 - 23/10/18 por Lusa

Desporto Geral

Os investidores italianos, que cederam 60% do Parma ao consórcio chinês há 11 meses e ficaram com 30%, exerceram uma cláusula prevista no contrato com a Desports, readquirindo mais 30% do total do capital social, passado a assumir-se como sócios maioritários.

"Há cerca de um ano estávamos convencidos de que tínhamos encontrado o perfil correto ao entregar o controlo da sociedade ao presidente da Desports, Jiang Lizhang. Contudo, temos assistido a uma crescente dificuldade por parte do sócio chinês na gestão de numerosos compromissos que um negócio como o futebol italiano impõe aos clubes e aos sócios", disse Marco Ferrari, um dos responsáveis da Nuovo Inizio.

O Parma, 11.º classificado do campeonato italiano, no qual atua o internacional português Bruno Alves, anunciará o novo presidente "em breve", sabendo que a Desports continuará com 30% do património e 10% manter-se-ão a cargo de um consórcio formado por adeptos do clube.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório