Já é sabido quem beneficiou com polémica do Note 7 e não foi a Apple

Com a retirada do mercado do topo de gama da Samsung houve previsões que apontassem o iPhone 7 da Apple como o grande beneficiado. Não foi o caso.

© Reuters
Tech Vendas

Um estudo da Gartner aponta as fabricantes chinesas Huawei, Oppo e BBK como as principais beneficiadas da retirada do Galaxy Note 7 do mercado no início de setembro. As conclusões contrariam a ideia inicial de que seria a Apple (vista por muitos como a principal da Samsung) a ganhar quota de mercado com o polémica em que o topo de gama esteve envolvido.

PUB

Inicialmente as previsões apontavam para vendas adicionais entre cinco a sete milhões de unidades para o iPhone 7, o que acabou por não se suceder. No seu mais recente estudo a Gartner refere que “as vendas do iPhone continuaram a cair no terceiro trimestre de 2016, com um declínio de 6,6%”, indicando uma “queda de vendas de 8,5% nos EUA e 31% na China”, os seus dois maiores mercados.

Como resultado da retirada do mercado o Galaxy Note 7, a Huawei diminuiu a distância para a Apple de 5,3% para 2,8%. Porém, como refere o 9to5mac, a Oppo e a BBK são as verdadeiras vencedoras.

“As vendas de smartphones na China cresceu 12,4% e os vendedores que melhor exploraram as oportunidades de vendas foram a Oppo e a BBK Communication Equipment. No caso da Oppo, 81% das suas vendas de smartphones vieram da China, enquanto as das BBK contam em 89% apenas na China”, pode ler-se neste relatório.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser