Meteorologia

  • 14 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 25º

Tribunal de Contas Europeu alerta UE que pode perder corrida à IA

O Tribunal de Contas Europeu considera que a União Europeia teve pouco sucesso no desenvolvimento de um ecossistema de Inteligência Artificial (IA) e não conseguiu atingir o nível de investimento norte-americano nem chinês.

Tribunal de Contas Europeu alerta UE que pode perder corrida à IA
Notícias ao Minuto

07:24 - 29/05/24 por Lusa

Tech Inteligência Artificial

Esta é uma das principais conclusões de um relatório elaborado por auditores europeus, que visou essencialmente avaliar se as medidas da UE para impulsionar a inovação no domínio da IA foram suficientes.

Segundo a auditoria, os investimentos de capital de risco da UE desde 2015 ficaram aquém dos das principais regiões de IA, ou seja, da China e dos Estados Unidos (EUA).

Os auditores dizem que a diferença de investimento global em IA entre os EUA e a UE duplicou entre 2018 e 2020, altura em que a UE ficou atrás em mais de 10 mil milhões de euros.

O membro do Tribunal de Contas Europeu responsável pela auditoria, Mihails Kozlovs, advertiu que, se a UE quiser alcançar a sua ambição, a Comissão e os Estados-Membros devem "unir forças de forma mais eficaz, acelerar o ritmo e libertar o potencial da UE".

Desde 2018, a Comissão Europeia e os países da UE adotaram um plano coordenado para aumentar o investimento em IA e adaptar a legislação existente, com o objetivo de colocar a UE na via da liderança mundial face à concorrência.

No entanto, o Tribunal de Contas considera que as ações da Comissão não foram bem coordenadas com as dos Estados-Membros, devido à falta de instrumentos de governação e das informações necessárias.

Em 2018, o plano da UE apelou aos Estados para que estabelecessem as suas estratégias nacionais de IA até junho de 2019, mas apenas 10 publicaram os seus planos antes do prazo, cinco fizeram-no mais tarde e quatro continuavam sem uma estratégia até ao final de 2023.

O relatório salienta ainda que a Comissão não tinha instrumentos de acompanhamento necessários para monitorizar o desempenho dos investimentos em IA.

Em resposta à auditoria, um porta-voz da Comissão Europeia salientou a adoção da Lei da Inteligência Artificial (uma área não abrangida pela análise do Tribunal de Contas) como um instrumento para "incentivar o desenvolvimento" de sistemas de inteligência artificial.

Leia Também: Perito português em IA alerta para "consequências" da nova tecnologia

Recomendados para si

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório