Meteorologia

  • 26 MAIO 2022
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 32º

Descoberto fóssil de Pássaro-Trovão que pode dar pistas sobre extinção

Descoberta revela infeções ósseas graves em vários restos de dromornitídeos, ou Pássaros-Trovão. 

Descoberto fóssil de Pássaro-Trovão que pode dar pistas sobre extinção
Notícias ao Minuto

18:46 - 26/12/21 por Notícias ao Minuto

Mundo Austrália

Os investigadores da Universidade Flinders, na Austrália, descobriram um fóssil raro de um Pássaro-Trovão que pode dar pistas sobre o que levou à extinção da espécie na Austrália. 

De acordo com o jornal The Guardian, a descoberta deste fóssil raro revela infeções ósseas graves em vários restos de dromornitídeos, ou Pássaros-Trovão. 

Estes concentraram-se nos leitos de 160 km quadrados da reserva fóssil do Lago Callabonna, 600 quilómetros a nordeste de Adelaide, na Austrália. 

Este animal tinha cerca de 230kg, cerca de cinco ou seis vezes mais que um emu - espécie de ave terrestre da Austrália considerada a segunda maior do mundo - e tinha cerca de dois a três metros de altura.

A investigadora principal, Phoebe McInerney considera que estas infeções raras poderão ter dificultado a mobilidade destas aves, devido às dores, dificultando a busca por comida. 

“Eles terão ficado cada vez mais enfraquecidos, com dores, sendo por isso mais difícil encontrar água e comida", aponta a cientista acrescentando ainda: "É uma coisa rara no registo fóssil encontrar um, quanto mais vários fósseis bem preservados com sinais de infeção".

O estudo descobriu que cerca de 11% das aves sofriam de osteomielite. 

Encontrar vários fósseis destas aves com osteomielite sugere que a situação complexa pode ter causado a extinção.

A nível histórico, o co-autor do estudo, professor associado, Lee Arnold, datou os sedimentos do lago salgado em que o Pássaro-Trovão foi encontrado, relacionando-os com um período de seca severa que começou há cerca de 48.000 anos. Nessa altura, os animais da megafauna australiana enfrentavam grandes desafios ambientais.

Grandes lagos e florestas do interior da Austrália começaram a desaparecer há cerca de 50 mil anos e a Austrália central tornou-se um deserto plano. Isto provocou a escassez dos recursos alimentares colocado os animais em condições de vida precárias.

Os Pássaros-Trovão terão acabado por se extinguir não só pela infeção óssea de que padeciam como também pelas dificuldades em adaptarem-se às mudanças climatéricas. 

Leia Também: Investigadores criam 'árvore da vida'. Entenda aqui

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório