Meteorologia

  • 20 JANEIRO 2022
Tempo
11º
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Facebook tem 4,7 milhões de utilizadores em Portugal

No dia em que comemora dez anos, o Facebook, aquela que é considerada a rede social mais importante do mundo, contabiliza em Portugal cerca de 4,7 milhões de utilizadores, entre os 1,2 mil milhões a nível mundial.

Facebook tem 4,7 milhões de utilizadores em Portugal

Em Portugal, de acordo com a Facestore -- plataforma que permite a empresas e particulares abrirem uma loja online dentro da sua página do Facebook e a venderem os seus produtos diretamente aos seus amigos, fãs e seguidores -- estão contabilizados cerca de 4,7 milhões de utilizadores.

Quando, em 2004, Mark Zukerberg e os seus colegas de quarto da faculdade (Eduard Saverin, Dustin Moskovitz e Chris Hughes) imaginaram uma rede que ligasse os estudantes da Universidade de Harvard, estavam longe de pensar no sucesso que a mesma iria alcançar.

A rede expandiu-se depois as outras universidades norte-americanas e depressa conquistou o mundo para qualquer pessoa com mais de 13 anos.

"Tem sido uma viagem incrível até agora e estou muito grato por fazer parte disto. É incrível ver como as pessoas têm usado o Facebook para construir uma verdadeira comunidade e ajudarem-se uns aos outros de tantas formas. Na próxima década, temos a oportunidade e responsabilidade de conectar todos e continuar a servir a comunidade da melhor maneira possível", disse Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, a propósito do aniversário.

Num comentário enviado por email à Lusa, Paulo Barreto, Facebook Country Manager em Portugal, revelou que o comportamento dos utilizadores é "muito semelhante" em todas as regiões do mundo.

Em termos globais, o mesmo responsável explicou que a rede conta atualmente "com uma média de 757 milhões utilizadores diários (dados de dezembro de 2013), correspondente a um crescimento de "22% em 2013".

Segundo Paulo Barreto, a nível global sabe-se que "apenas no final do seu primeiro ano, em dezembro de 2004, o Facebook contava com um milhão de utilizadores ativos por mês, número este que evoluiu exponencialmente para 500 milhões em junho de 2010 e para um total de 1,230 milhões até à data de hoje".

Para os próximos anos, Paulo Barreto previu que a rede social "vai continuar a apostar na melhoria da experiencia que proporciona aos seus utilizadores, simplificando e melhorando a aplicação e garantindo a relevância e dos 'posts' do 'newsfeed' de cada utilizador, aumentando o tempo que estes passam na plataforma".

"O Facebook irá continuar a cativar novos utilizadores para a plataforma. Um exemplo disso é o projeto da 'internet.org', em que estamos a desenvolver esforços com as operadoras de telecomunicações no sentido de possibilitar àqueles que não têm sequer acesso à internet o possam fazer de uma forma economicamente viável", avançou.

A rede social é usada pelos utilizadores para se manterem em contato com família e amigos, dando a conhecer estados de alma e fotografias e já é uma plataforma procurada também por muitas marcas e empresas.

Nela se podem fazer negócios, com a criação de páginas onde são vendidos os mais diversos objetos, desde produtos artesanais, a bolachas, bolos e bolinhos. Para muitos, passou a ser uma fonte de receita em tempo de crise, quando se viram desempregados, de um momento para o outro, e escolheram a rede social para criarem o seu próprio "emprego".

Foi também através do Facebook que foi marcada em Portugal a manifestação "Que se lixe a Troika. Queremos as nossas vidas", que a 15 de setembro de 2012 levou, de acordo com os organizadores, um milhão de pessoas às ruas em várias cidades portuguesas, com Lisboa a juntar mais 500 mil pessoas naquele protesto nacional contra as medidas de austeridade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório