Meteorologia

  • 23 JULHO 2024
Tempo
24º
MIN 23º MÁX 37º

Gémeas? Inquérito é "inutilidade" e o que vier "é só para chafurdar"

O secretário-geral do PCP, Paulo Raimundo, considerou hoje que a comissão parlamentar de inquérito ao caso das gémeas luso-brasileiras tem sido uma "profunda inutilidade" e que o que vier a acontecer daqui para a frente será apenas "para chafurdar".

Gémeas? Inquérito é "inutilidade" e o que vier "é só para chafurdar"
Notícias ao Minuto

12:25 - 25/06/24 por Lusa

Política Paulo Raimundo

"Eu acho que se há coisa que esta comissão de inquérito tem demonstrado é a sua profunda inutilidade. E até com momentos que roçam um bocadinho a vergonha alheia", afirmou Paulo Raimundo à margem de uma participação na manifestação "Administração Local em Luta Pela Valorização das Profissões" promovida pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local -- STAL.

Paulo Raimundo apelou a que cada um se "ponha na posição de mãe ou pai daquelas crianças" para depois "perceber o que é que faria".

"Faria tudo, possível ou impossível, para tentar salvar a vida das suas filhas", acrescentou o secretário-geral dos comunistas.

Questionado sobre a ida de Nuno Rebelo de Sousa, filho do Presidente da República, à comissão de inquérito ao caso das gémeas, o líder do PCP afirmou que tudo o que vier a acontecer servirá apenas "para chafurdar".

"Eu receio que, a partir de agora, tudo o que venha seja só para chafurdar. Desculpem a expressão, mas não tenho outra expressão melhor para afirmar. E, portanto, eu não menosprezo as questões, os problemas, não menosprezo o interesse jornalístico. Agora, isso não é a vida das pessoas",defendeu.

O filho do Presidente da República, Nuno Rebelo de Sousa, vai ser ouvido na próxima semana na comissão de inquérito ao caso das gémeas tratadas com o medicamento Zolgensma, audição que vai decorrer por videoconferência.

Na resposta enviada pelos seus advogados à comissão de inquérito, e à qual a Lusa teve acesso, lê-se que "Nuno Rebelo de Sousa estará na CPI, por videoconferência, no dia 03 de julho, pelas 14 horas".

Na sexta-feira, a comissão parlamentar de inquérito ao caso das gémeas tratadas no Hospital de Santa Maria voltou a requerer a presença do filho do Presidente da República, propondo que fosse ouvido em 03 ou 12 de julho, presencialmente ou por videoconferência.

Leia Também: Paulo Raimundo exige reposição das direções regionais de agricultura

Recomendados para si

;
Campo obrigatório