Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
16º
MIN 10º MÁX 20º

Madeira. PS perde mais de 40% dos votos, JPP quase duplica a votação

O PS perdeu 22.363 votos nas eleições regionais da Madeira de domingo, comparativamente com 2019, o que representa uma descida de 43,6%, enquanto o JPP quase duplicou o número de votos, passando de 7.830 para 14.933.

Madeira. PS perde mais de 40% dos votos, JPP quase duplica a votação
Notícias ao Minuto

07:04 - 25/09/23 por Lusa

Política Eleições

Segundo os resultados provisórios disponibilizados pela secretaria-geral do Ministério da Administração Interna, os socialistas obtiveram no domingo 28.844 votos, assegurando 11 deputados no parlamento regional, quando em 2019 conseguiram 51.207 votos e 19 deputados.

Ainda assim, o PS mantém-se como o maior partido da oposição.

Já o JPP, há quatro anos, tinha conseguido 7.830 votos, mas no domingo conquistou 14.933, quase duplicando o número de votos. O grupo parlamentar do JPP vai assim passar de três para cinco deputados, sendo o terceiro maior na Assembleia Legislativa Regional.

A coligação PSD/CDS-PP venceu as regionais de domingo com 43,13% dos votos (58.399 votos) e conseguiu 23 lugares no parlamento regional, mas perdeu, por um mandato, a maioria absoluta com que governava a região.

Em 2019, os dois partidos concorreram em separado, mas acabaram por fazer uma coligação pós-eleitoral, por forma a governarem com maioria absoluta (24 deputados). O PSD tinha conseguido 21 deputados e o CDS-PP três. A soma dos seus votos, na altura, foi de 64.695, o que significa que em relação a domingo a coligação perdeu 6.296 votos (-9,7%).

O Chega passou de 619 para 12.028 votos entre 2019 e domingo, e foi a quarta força política mais votada, passando a ter um grupo parlamentar com quatro deputados, na segunda vez em que concorreu às regionais da Madeira.

A Iniciativa Liberal também vai estrear-se no hemiciclo regional, com um deputado, tendo a sua votação passado de 762 para 3.555 votos, entre 2019 e domingo.

A CDU, apesar de ter aumentado a sua votação de 2.577 para 3.677, vai manter o seu deputado único.

Bloco de Esquerda (2.489 votos em 2019, 3.036 este ano) e PAN (2.095 em 2019, 3.046 este ano) vão ter um deputado cada um na próxima legislatura, num regresso dos dois partidos ao parlamento regional.

Leia Também: Madeira. Sousa Real diz que democracia "está viva" e saúda Mónica Freitas

Recomendados para si

;
Campo obrigatório