Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 15º

PSD do Seixal repudia "processo de substituição" do presidente da Câmara

O PSD do Seixal repudiou hoje o "processo de substituição" do presidente da Câmara Municipal, Joaquim Santos (CDU), que anunciou na quarta-feira que irá renunciar ao cargo, quase um ano depois de ter sido reeleito.

PSD do Seixal repudia "processo de substituição" do presidente da Câmara
Notícias ao Minuto

20:27 - 11/08/22 por Lusa

Política Seixal

O presidente do município do Seixal será substituído pelo atual vice-presidente, Paulo Silva.

Numa mensagem na rede social Facebook, divulgada na quarta-feira à noite, Joaquim Santos explicou que terminará esta etapa de mais de 20 anos de exercício de poder local para regressar à sua carreira profissional, mas que permanecerá ainda no cargo durante algum tempo para preparar a transição.

Hoje, em comunicado, o PSD do Seixal, partido que tem um vereador sem pelouro no executivo camarário, refere que, apesar de se saber "há meses" da renúncia de Joaquim Santos, falta ainda perceber se é voluntária ou "forçada pelo PCP".

"O que não se sabe, ainda, é se a renúncia é voluntária e por vontade do próprio, ou se forçada pelo PCP. Certo é que este processo se tornou numa autêntica 'novela' repleta de truques, expedientes, anúncios e desmentidos, que visaram e visam, unicamente e de forma deliberada, enganar os munícipes e os autarcas", lê-se na nota.

Segundo o PSD do Seixal, ainda na quarta-feira, durante uma reunião do executivo, o vereador social-democrata, Bruno Vasconcelos, questionou o presidente da autarquia sobre a sua eventual renúncia e este respondeu que continuaria no cargo.

Horas depois, Joaquim Santos anunciou no Facebook a renúncia.

"Através deste triste processo, pode-se concluir que o PCP premeditou esta renúncia e esta substituição ainda antes das eleições autárquicas de 2021 com o intuito claro de ludibriar os eleitores, apresentando candidatos, não para os quatro anos do mandato, mas apenas para completarem o tempo que o partido considerou necessário para operar às substituições dos cabeças-de-lista eleitos no quadro do seu exclusivo interesse", acusa o PSD do Seixal.

Na mesma nota é recordado que também o presidente da União das Freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires, António Santos, já renunciou ao cargo, considerando o PSD do Seixal que se avizinha "igual destino em relação ao presidente da Junta de Freguesia de Amora, Manuel Araújo".

Joaquim Santos, engenheiro civil, foi eleito presidente da Câmara Municipal do Seixal em setembro de 2021, pela CDU, para o terceiro mandato.

Na últimas eleições autárquicas, a CDU conquistou cinco mandatos, o PS quatro e o PSD um. Faz ainda parte do executivo o vereador independente Henrique Freire, que foi eleito pelo Chega, mas afastou-se, entretanto, do partido.

Leia Também: Presidente da Câmara do Seixal renuncia para "voltar à carreira"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório