Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2022
Tempo
22º
MIN 22º MÁX 37º

Rio incomodado com notícia: "O que um deputado recebe são 3.668 euros"

Líder do PSD mostrou-se indignado com notícia que dava conta de que magistrados e deputados foram os que receberam mais aumentos da Função Pública.

Rio incomodado com notícia: "O que um deputado recebe são 3.668 euros"
Notícias ao Minuto

14:41 - 28/06/22 por Notícias ao Minuto

Política Rui Rio

O líder do PSD, Rui Rio, mostrou-se, esta terça-feira indignado com uma notícia do Jornal de Notícias que dava conta de que magistrados e deputados foram os que receberam mais aumentos da Função Pública por considerar que a mesma não corresponde à verdade. 

"A notícia visa revoltar a população", apontou o economista e político português aproveitando para dar conta dos aumentos salariais dos deputados em 21 anos. 

Na publicação feita na rede social Twitter, Rio escreve que vai sair da Assembleia da República e, por isso, como deputado "isto já pouco" o "incomoda".

"Mas incomoda-me como democrata. Temos de ter a coragem de repor a verdade e depois cada português que faça o seu juízo. Mas com verdade, não com mentira", frisou o social-democrata. 

De seguida aponta quanto recebia em 2001 e quanto recebe atualmente um deputado. 

"Fui ver qual foi o meu último salário como deputado em Dezembro de 2001, quando saí para a câmara. Eram 673 contos, ou seja, 3.375€. Hoje o que um deputado recebe são 3.668€; tudo valores brutos. Em 21 anos, aumento foi de 303€ brutos. Dá uma taxa de aumento de 0,41% / ano", sublinhou. 

Recorde-se que Rui Rio, que deixará de ser líder do PSD em 3 de julho, sairá como o quarto presidente social-democrata mais duradouro, atrás de Cavaco Silva, Passos Coelho e Durão Barroso, mas o único que esteve sempre na oposição.

As eleições diretas no PSD realizaram-se em 28 de maio e o Congresso que consagrará Luís Montenegro como novo presidente será no próximo fim de semana, marcando a data de saída de Rui Rio, que tinha mandato até dezembro de 2023, mas antecipou o calendário e anunciou que não se recandidataria depois da derrota eleitoral do PSD nas legislativas de 30 de janeiro.

Leia Também: PSD. Rui Rio, o resistente interno que não chegou a primeiro-ministro 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório