Meteorologia

  • 13 ABRIL 2024
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 29º

PS adia Comissão Nacional para eleger novo secretário-geral adjunto

 A Comissão Nacional do PS que vai eleger o novo secretário-geral adjunto, João Torres, foi adiada deste sábado para o dia 09 de abril, confirmou hoje à agência Lusa o presidente deste partido, Carlos César.

PS adia Comissão Nacional para eleger novo secretário-geral adjunto
Notícias ao Minuto

12:30 - 30/03/22 por Lusa

Política PS

Esta reunião do órgão máximo dos socialistas entre congressos, que terá lugar em Lisboa, será presidida pelo dirigente José Apolinário, já que nesse dia Carlos César estará a representar o PS no Congresso do PAICV, tendo também um jantar com o Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves.

João Torres, antigo líder da JS, foi o nome proposto pelo líder do PS, António Costa, para suceder no cargo de secretário-geral adjunto a José Luís Carneiro, que hoje toma posse no cargo de ministro da Administração Interna do XXIII Governo Constitucional.

Ex-secretário de Estado cessante nas pastas do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, João Torres é licenciado em engenharia civil, foi vice-presidente da bancada socialista na anterior legislatura e candidatou-se a deputado do PS nas últimas eleições legislativas pelo círculo eleitoral do Porto.

O cargo de secretário-geral adjunto do PS foi criado em 2016, tendo sido então estabelecido que este lugar apenas deveria ser exercido por um dirigente socialista que não assumisse funções governativas.

Este lugar foi primeiro desempenhado pela líder cessante da bancada do PS e futura ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes, entre 2016 e 2019.

Entre 2019 e o presente, as funções de secretário-geral adjunto do PS foram exercidas por José Luís Carneiro.

De acordo com a ordem de trabalhos da reunião que estava convocada para este sábado, além da eleição do novo "número dois" da direção deste partido, seria feita uma análise da situação política.

Neste ponto, a intervenção do secretário-geral do PS, António Costa, seria aberta à comunicação social.

Leia Também: PAN pede alteração dos prazos de prescrição do crime de mutilação genital

Recomendados para si

;
Campo obrigatório