Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2021
Tempo
21º
MIN 13º MÁX 25º

Edição

CDS apela a Costa para "não brincar" mais com saúde dos portugueses

O presidente do CDS-PP apelou hoje ao primeiro-ministro, António Costa, para que "não brinque mais com a saúde dos portugueses" e voltou a pedir que a proposta da Via Verde Saúde possa avançar no próximo Orçamento de Estado.

CDS apela a Costa para "não brincar" mais com saúde dos portugueses
Notícias ao Minuto

14:59 - 08/09/21 por Lusa

Política OE2022

"Eu tenho de apelar ao primeiro-ministro para que não brinque mais com a saúde dos portugueses. Não coloque a ideologia à frente da saúde. Permita a todos aqueles que não têm uma consulta, um exame e uma cirurgia no SNS [Serviço Nacional de Saúde], acederem ao setor particular e social pagos pelo Estado para terem os cuidados médicos de que precisam", declarou hoje Francisco Rodrigues dos Santo, à margem de uma arruada em Rio Tinto, no concelho de Gondomar, distrito do Porto, no âmbito da pré-campanha eleitoral autárquica.

O líder do CDS-PP voltou hoje a relembrar que as "urgências dos hospitais no SNS estão entupidas" e que "há milhões e milhões de portugueses em filas de espera para um exame de uma consulta e de uma cirurgia".

"É importante dizer que nesta altura o país precisa de investir nos nossos doentes que estão a morrer. Por isso eu apelo a que a proposta do Via Verde Saúde que o CDS propôs, e vai voltar a apresentar neste Orçamento de Estado, vá para a frente", avisou o líder dos centristas, explicando que a Via Verde Saúde consiste em o "Estado dar a todos os doentes que ultrapassaram os tempos de espera no SNS, [a possibilidade] de terem uma consulta, um exame ou cirurgia pago pelo Estado no setor particular e social".

Francisco Rodrigues dos Santos alertou ainda que uma ministra da Saúde "não pode ser só a ministra do SNS", mas tem de ser "uma ministra de todo o nosso sistema de saúde, que não é só o SNS", mas também o setor particular e social.

O líder do CDS-PP disse que o SNS está "esgotado" e não consegue "chegar a todo o lado".

Francisco Rodrigues dos Santos pediu também ao Governo para que atualize as tabelas de prestadores de saúde privados, como o caso da ADSE, para que quem não tenha de pagar a fatura sejam os portugueses.

Francisco Rodrigues dos Santos realizou esta manhã uma arruada na freguesia de Rio Tinto, concelho de Gondomar, no distrito do Porto, ao lado do candidato à Câmara de Gondomar, Jorge Ascenção, e do candidato à Junta de Freguesia de Rio Tinto, Francisco Moura.

As próximas eleições autárquicas acontecem dia 26 de setembro.

Leia Também: CDS considera contraditórias recomendações da DGS sobre máscaras na rua

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório