Meteorologia

  • 01 AGOSTO 2021
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Armindo Jacinto do PS recandidata-se à Câmara de Idanha-a-Nova

O presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto (PS), anunciou a sua recandidatura às eleições autárquicas, a última, caso seja eleito na sequência da limitação de mandatos.

Armindo Jacinto do PS recandidata-se à Câmara de Idanha-a-Nova
Notícias ao Minuto

18:22 - 07/06/21 por Lusa

Política Autárquicas

"Será a minha última candidatura e, se os idanhenses nos quiserem dar a sua confiança, continuaremos nos próximos quatro anos a lutar pela causa do desenvolvimento da nossa terra. Não tenho outras intenções que não sejam as de cumprir o mandato até ao fim, com a mesma determinação que o tenho feito estes anos, anteriores", afirmou Armindo Jacinto.

O autarca e candidato socialista disse que o desenvolvimento de Idanha-a-Nova começou há vários anos com Joaquim Morão que e os autarcas que se lhe seguiram continuaram "a investir na coesão territorial e a infraestruturar o concelho, com todas as condições necessárias para o seu desenvolvimento".

"Toda esta estratégia tem um objetivo claro. No centro das nossas políticas autárquicas estão sempre as pessoas. A premissa é colocar Idanha-a-Nova ao serviço de uma cidadania integral para todos os que cá vivem, trabalham, investem ou visitam", sublinhou.

Armindo Jacinto entende que era tempo de lutar pela coesão económica e social, para fixar pessoas, captar riqueza e emprego e criar as condições de qualidade de vida, que todos aspiram ter.

Adianta que, para ganhar essa confiança, apostou no acesso à educação de qualidade, à habitação, à saúde e à segurança de pessoas e bens.

"Estamos a ganhar essa confiança em Idanha-a-Nova e a batalha do despovoamento, com a inversão, dos fluxos migratórios, agora positivos. Ou seja, passados muitos anos, são, desde 2019, mais os que entram, do que os que saem do nosso território", afirmou.

Segundo o candidato, outro "bom indicador" da estratégia seguida nos últimos anos é o baixo nível de desemprego no concelho de Idanha-a-Nova, quando comparado com outros da região e do país.

"Hoje em dia, vários investidores que apostam neste território, no âmbito da economia verde, procuram mão-de-obra e não a conseguem encontrar em Idanha-a-Nova. Os números ainda não compensam entre os que morrem e os que nascem, mas isso nem no país. Mas estamos, entre os 50 municípios deste país, com maior taxa de filhos por mulher em idade fértil", sustenta.

O autarca comprometeu-se a continuar a trabalhar, no próximo mandato, "com a estratégia Recomeçar e por uma Idanha solidária, inclusiva, com os idanhenses e para os idanhenses".

O município de Idanha-a-Nova tem quatro eleitos do PS e a coligação PSD/CDS-PP tem um eleito.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório