Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2020
Tempo
24º
MIN 18º MÁX 25º

Edição

Iniciativa Liberal quer libertar Açores de "asfixia de 24 anos"

A Iniciativa Liberal concorre às eleições legislativas dos Açores, em outubro, para "libertar" os açorianos da "asfixia de 24 anos de poder" socialista, sendo Nuno Barata (São Miguel) e José Luís Parreira (Terceira) candidatos, foi hoje revelado.

Iniciativa Liberal quer libertar Açores de "asfixia de 24 anos"
Notícias ao Minuto

14:20 - 05/08/20 por Lusa

Política Açores

A força política diz, em nota à imprensa, que vai concorrer com listas em vários círculos de ilha e no círculo regional de compensação.

A motivação da Iniciativa Liberal é "libertar os açorianos da asfixia de 24 anos de poder monopartidário" e das políticas estatistas que "têm condenado os Açores aos piores lugares nos 'rankings' europeus da pobreza, do desemprego, do rendimento médio das famílias, da educação e da assistência na doença".

"Não é com socialismo que se gera prosperidade, mas sim libertando a política, a economia e a sociedade, e limitando o poder político às suas funções legítimas. Os Açores e os açorianos nunca gozarão os benefícios de uma sociedade livre enquanto persistir um sistema dirigista e de proteção a interesses instalados", considera aquele partido político.

A Iniciativa Liberal quer "libertar os Açores deste estado de 'dependentes da vontade arbitrária de terceiros' no acesso a serviços públicos de primeira necessidade", de serem "contribuintes forçados de projetos megalómanos, pensados por poucos e sem garantias de serem a melhor solução".

Pretende-se também acabar com o facto de os açorianos serem "proprietários de empresas públicas monopolistas que não têm qualquer incentivo a operar melhor e servir melhor a população", defendendo-se outras soluções nos transportes aéreos e marítimos.

Exemplifica-se com a implementação da livre concorrência, com empresas privadas a "competirem nas rotas mais lucrativas ou a concorrerem pela concessão das rotas menos lucrativas e onde importa garantir o serviço público".

"Muitas das medidas socialistas acabam por promover fins que não faziam parte da intenção original e até mesmo o seu contrário", frisa a Iniciativa Liberal.

O partido quer também "libertar os Açores e os açorianos de uma oposição inexistente e que não se diferencia, que apenas propõe mais do mesmo, o que só pode ter o resultado que já todos conhecemos".

A Iniciativa Liberal diz que não se resignará "à autonomia que nos deixam ter" e lutará "pela autonomia que merecemos ter" e quer um sistema político que garanta "controlo sobre os recursos, e com eles saber viver responsavelmente, sem depender de aprovações administrativas e favores políticos de terceiros".

Aquela força política quer ainda uma autonomia que defende "mais poder e mais liberdade para o povo açoriano", uma "verdadeira autonomia política, económica e social", considerando que "políticas simplistas e populares talvez ganhem eleições, mas só políticas corajosas e reformistas criam a riqueza das nações e a prosperidade das regiões".

Nuno Barata, o candidato pelo círculo eleitoral de São Miguel, tem 54 anos, é casado, licenciado em Estudos Europeus e Política Internacional, gestor portuário e já foi deputado regional pelo CDS-PP/Açores e deputado municipal em Ponta Delgada.

José Luís Parreira, candidato pelo círculo eleitoral da ilha Terceira, tem 20 anos e é estudante de Mestrado Integrado em Engenharia Aeroespacial no Instituto Superior Técnico em Lisboa.

Foi presidente da Associação de estudantes da Escola Secundária Jerónimo Emiliano de Andrade em 2017.

O Iniciativa Liberal possui nos Açores um núcleo territorial do qual emana o grupo coordenador, que neste momento é liderado por Nuno Barata e mais cinco elementos, três de São Miguel e dois da Terceira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório