Meteorologia

  • 29 MAIO 2020
Tempo
23º
MIN 22º MÁX 32º

Edição

"Esta é a verdade": Ovar com mais um óbito e 51 novos casos, diz autarca

Salvador Malheiro anunciou, ainda, que foram identificados, durante a noite de ontem, vários casos de pessoas infetadas num lar do concelho.

"Esta é a verdade": Ovar com mais um óbito e 51 novos casos, diz autarca

Salvador Malheiro, presidente da Câmara Municipal de Ovar, divulgou, esta sexta-feira, o "ponto de situação no município de hoje às 13h00. De acordo com o social-democrata, Ovar conta com mais uma vítima mortal devido à Covid-19 e mais 51 casos de infetados do que ontem. 

No total, a localidade, que se encontra em cerco sanitário, regista um total de 19 mortos e 528 casos confirmados do novo coronavírus

"Esta é a verdade. Juntos vamos vencer", sublinhou ainda o autarca numa publicação divulgada hoje na sua página oficial do Facebook, juntamente com um gráfico com um balanço da situação no município como já é habitual. 

Ainda através das redes sociais, Salvador Malheiro anunciou hoje que teve conhecimento, durante a noite de ontem, "de vários infetados  no Lar do Grupo de Acção Social de São Vicente". "Esta manhã o nosso Gabinete de Crise deslocou-se à instituição para fazer o que tem que ser feito. Não podemos esperar... pelos outros", adiantou ainda. 

Recorde-se que na passada quarta-feira, o presidente da Câmara de Ovar contradisse os números relativos à região revelados no último balanço da Direção-Geral da Saúde. De acordo com Salvador Malheiro "infelizmente, o número de infetados confirmados em Ovar não é 273 como hoje vem descrito no relatório da DGS, mas sim 477 de acordo com a autoridade local de saúde". "Dou os nomes se quiserem!", acrescentou dando conta também de "18 falecimentos com Covid-19", naquele dia. 

DGS tem vindo a salvaguardar que a informação apresentada nos boletins epidemiológicos reporta ao total de notificações clínicas no sistema SINAVE, correspondente a 79% dos casos confirmados.

Em 17 de março, o Governo declarou o estado de calamidade pública no concelho de Ovar, que a partir do dia seguinte ficou sujeito a cerco sanitário com controlo de fronteiras e suspensão de toda a atividade empresarial não afeta a bens de primeira necessidade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório