Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Parte da Secretaria de Estado da Valorização do Interior ruma a Bragança

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, anunciou hoje que, a partir de segunda-feira, parte da Secretaria de Estado da Valorização do Interior passa a funcionar em Bragança, no parque tecnológico Brigantia Ecopark.

Parte da Secretaria de Estado da Valorização do Interior ruma a Bragança
Notícias ao Minuto

13:26 - 15/11/19 por Lusa

Política Governo

A secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, é de Bragança e a cidade passará a ser a base de trabalho da governante junto com três técnicos, enquanto a restante equipa fica no Terreiro do Paço, em Lisboa.

A ministra Ana Abrunhosa fez hoje o anúncio, em Bragança, durante uma visita que serviu para acertar com a Câmara e o Instituto Politécnico a solução para a instalação nesta cidade da Secretaria de Estado.

"E essa solução está encontrada. A Secretaria de Estado da Valorização para o Interior terá uma parte da sua equipa em Bragança para funcionar efetivamente. Teremos na secretaria de Estado transmontanos a trabalhar em Bragança no parque tecnológico Brigantia Ecopark, a partir de segunda-feira", afirmou.

Para a ministra, este "é um sinal" de que o Governo pretende "em termos de valorização do Interior associar o conhecimento, as instituições do conhecimento, mas também as autarquias e outras instituições que são fundamentais para o desenvolvimento do Interior".

"Posso dizer que ficou definindo que uma parte de serviços da Secretaria de Estado ficarão instalados no Brigantia Ecopark e que a secretária de Estado passará uma parte do seu trabalho aqui, e que já temos equipa que a partir de segunda-feira trabalhará a partir daqui", concretizou.

Bragança será a base de trabalho da nova secretária de Estado, Isabel Ferreira, que, segundo a ministra, é secretária de Estado de todo o país e, por isso, "terá de andar por todo o país como anda a ministra".

A secretária de Estado Isabel Ferreira é de Bragança, investigadora do Instituto Politécnico de Bragança e coordenadora de um dos centros de investigação, o de montanha, considerado de excelência.

A ministra Ana Abrunhosa defendeu que se a descentralização como a instalação em Bragança da Secretaria de Estado "não acontecer só haverá pessoas de Lisboa nos ministérios".

"Esta é uma oportunidade de termos transmontanos que conhecem muito bem a realidade do Interior a trabalhar na Secretaria de Estado", acrescentou.

A governante vincou que quer com isto "também dar um sinal de que no interior há pessoas de muito valor", como a secretária de Estado, "que fazem vida no interior, que escolheram o interior para trabalhar e para viver, que têm carreiras brilhantes, carreias internacionais".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório