Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2019
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

"Acabou hoje, ao fim de 43 anos, o poder absoluto" na Madeira

Ana Catarina Mendes sublinhou o "melhor resultado de sempre do PS em eleições regionais na Madeira".

"Acabou hoje, ao fim de 43 anos, o poder absoluto" na Madeira

A secretária-geral adjunta do PS reagiu às primeiras projeções das eleições regionais da Madeira considerando tratar-se de um “excelente” resultado. Numa declaração na sede do PS, em Lisboa, Ana Catarina Mendes começou por saudar a taxa de participação nestas eleições, facto que “diz muito da vontade de mudança da Região Autónoma da Madeira”.

Em segundo lugar, sublinhou: “Acabou hoje, ao fim de 43 anos o poder absoluto na região autónoma da Madeira”. E acrescentou que a confirmarem-se as projeções, “o PSD não voltará a ter maioria absoluta e isso é um bom sinal também”.

“Queria dizer que este será o melhor resultado de sempre do PS nas eleições regionais da Madeira. Quero por isso saudar todos os socialistas e simpatizantes do PS que se empenharam nestas eleições para ter um grande resultado”, enfatizou a secretária-geral adjunta do PS, assegurando que o partido continua mobilizado para o próximo dia 6 de outubro.

De acordo com a projeção da RTP/Católica, o PSD venceu as eleições, mas perdeu a maioria absoluta, tendo alcançado entre 37% e 41% (19 a 23 eleitos).

O PS terá ficado em segundo lugar com uma votação entre 34% e 38% dos votos dos madeirenses (17 a 21 eleitos). Em terceiro lugar, ficou o CDS tendo reunido entre 5% a 7% dos votos (2 a 3 eleitos).

projeção da RTP aponta para uma taxa de abstenção entre 41% e 46%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório