Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2019
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Rio acredita na vitória mesmo sem os resultados brutais do passado

O presidente do PSD, Rui Rio, disse hoje acreditar que o partido vai ganhar as eleições regionais de domingo na Madeira podendo, contudo, não ser com o "patamar brutal" de eleições anteriores.

Rio acredita na vitória mesmo sem os resultados brutais do passado
Notícias ao Minuto

20:44 - 20/09/19 por Lusa

Política PSD

"O Miguel Albuquerque [presidente do Governo Regional da Madeira] fez um bom trabalho, por isso, os madeirenses vão continuar a dar a sua confiança ao PSD. Pode é não ser com o patamar brutal que foi no passado, com taxas de 50 a 60%. Mas, estou confiante de que o PSD vai ganhar as eleições na Madeira. Se consegue repetir a maioria absoluta, veremos", afirmou.

Falando à margem de um almoço-debate organizado pela Confederação do Turismo de Portugal, no Porto, o social-democrata elogiou o trabalho "notável" do seu partido naquela ilha, sublinhando que quem lá vai é que percebe o porquê dos resultados nos últimos anos.

Rui Rio vincou que é preciso ter uma "obra fantástica" para o PSD ganhar tantas eleições como ganha naquele arquipélago.

Da opinião de que nada é eterno e acreditando que o desgaste vai ter de aparecer um dia, o presidente do partido não antecipou que esse desgaste surja agora.

Os madeirenses vão continuar a seguir o princípio de que "em equipa que ganha não se mexe", previu.

Em jeito de recado, Rui Rio disse que os portugueses do continente podiam ver, aquando da votação para as eleições legislativas, que o PSD é capaz de fazer cá o que faz na ilha.

As eleições regionais legislativas da Madeira decorrem no domingo, com 16 partidos e uma coligação a disputar os 47 lugares no parlamento regional.

PDR, CHEGA, PNR, BE, PS, PAN, Aliança, Partido da Terra-MPT, PCTP/MRPP, PPD/PSD, Iniciativa Liberal, PTP, PURP, CDS-PP, CDU (PCP/PEV), JPP e RIR são as 17 candidaturas validadas para estas eleições, com um círculo único.

Nas regionais de 2015, os sociais-democratas seguraram a maioria absoluta - com que sempre governaram a Madeira - por um deputado, com 24 dos 47 parlamentares.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório