Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Iniciativa Liberal rejeita coligações pré-eleitorais e lança farpa a Rio

Partido põe ponto final a rumor de estar envolvido em processos de criação de uma coligação pré-eleitoral à Direita.

Iniciativa Liberal rejeita coligações pré-eleitorais e lança farpa a Rio
Notícias ao Minuto

12:19 - 25/07/19 por Melissa Lopes 

Política Iniciativa Liberal

O partido Iniciativa Liberal diz não estar disponível para coligações pré-eleitorais, negando assim qualquer rumor sobre essa possibilidade. A decisão de se apresentar a votos a 6 de outubro sozinho foi tomada no passado dia 30 de junho, tendo o Conselho Nacional deliberado que o partido apresente listas em todos os círculos, “mostrando-se como um verdadeiro partido nacional”.

Mesmo que a decisão não tivesse já sido tomada, ressalva o partido, “não existiriam condições políticas para qualquer tipo de coligação, dado que o maior partido dessa área política é liderado por alguém próximo de António Costa”.

O suposto líder dessa coligação, Rui Rio, parece mais interessado em posicionar-se como vice-primeiro-ministro de António Costa do que em criar uma plataforma alternativa ao PS”, acusa Carlos Guimarães Pinto, presidente da Iniciativa Liberal.

Prosseguindo nas críticas ao PSD, afirma que o seu programa eleitoral se “distingue muito pouco do programa eleitoral do PS, tendo o próprio Rui Rio acusado o PS de copiar medidas do programa do PSD. Não se pode esperar que alguém que não consegue unir o próprio partido seja capaz de unir o espaço não-socialista e, ainda menos, o país. Naturalmente não nos podemos coligar com quem tem dificuldade em rejeitar claramente o socialismo”.

"É com bastante satisfação que vejo atualmente que existe interesse e atracção pelo liberalismo. Os consensos e entendimentos serão feitos quando fizer sentido - na defesa dos contribuintes - e não por conveniência ou por reação a sondagens menos positivas. Mesmo que o caminho, que definimos, seja mais difícil, queremos que as pessoas votem em nós por defendermos um conjunto de ideias que terão um impacto positivo no país", conclui por fim.

Recorde-se que esta quarta-feira Pedro Santa Lopes desafiou os partidos de centro-direita, mas que já tenham representação parlamentar, para se sentarem à mesa e conversarem para delinear uma estratégia que ajude a travar o "avanço eleitoral" da esquerda. Antes, o partido Nós, Cidadãos! havia convidado tanto o Aliança como a Iniciativa Liberal para um coligação pré-eleitoral. Um convite que acabou por ser recusado.

A Iniciativa Liberal tem estado a divulgar os cabeças de lista. Carlos Guimarães Pinto, presidente do partido, lidera a lista no Porto e João Cotrim Figueiredo a lista de Lisboa. Nos círculos da diáspora, a Europa terá Suzanne Rodrigues como cabeça de lista e Fora da Europa será Filipa Osório.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório