Meteorologia

  • 26 JUNHO 2019
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 23º

Edição

"Nenhum pedófilo deveria sair em liberdade condicional sem ser castrado"

À boleia de uma notícia que nos chegou esta semana dos Estados Unidos da América, André Ventura volta a reforçar aquela que é uma das principais bandeiras do seu partido.

"Nenhum pedófilo deveria sair em liberdade condicional sem ser castrado"

A governadora do Alabama (EUA), Kay Ivey, ratificou, no início da semana, uma lei que determina que os pedófilos - cujas vítimas tenham menos de 13 anos - sejam castrados quimicamente para poderem sair em liberdade condicional.

Nesta senda, André Ventura voltou a pronunciar-se sobre o tema, vincando aquela que é a sua posição face a este crime.

“O pedófilo não aceita a castração? Então cumpre integralmente a pena, sem qualquer desconto ou redução, porque se mantém um perigo para a sociedade”, disse o líder do Chega ao Notícias ao Minuto, congratulando-se com a decisão da governadora norte-americana.

André Ventura sublinhou também que, com esta lei, os “Estados Unidos dão o exemplo” ao “introduzir a medida de castração química de pedófilos e abusadores sexuais como forma de combater a criminalidade sexual contra crianças, como ao definir que nenhum pedófilo poderia sair em liberdade condicional sem ser quimicamente castrado”.

Face ao exposto, o ex-social-democrata vincou que “hoje pode dizer-se que as maiores democracias do mundo dão o exemplo de coragem na luta contra a criminalidade sexual”.

Quanto a Portugal, que “tanto tem sofrido com este flagelo, volta a ficar para trás agarrado a preconceitos e estereótipos do politicamente correto”, lamenta o comentador televisivo, vincando a sua posição para rematar: “Nenhum pedófilo deveria sair em liberdade condicional sem ser castrado”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório