Meteorologia

  • 18 JULHO 2018
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 18º

Edição

Dux queria o fim da garraiada? "Sinceramente era o que esperava"

Depois da polémica que estalou sobre a garraiada da Queima das Fitas de Coimbra, o Notícias ao Minuto falou com o Dux Veteranorum da Universidade de Coimbra, João Luís Jesus. Saiba o que disse sobre a situação.

Dux queria o fim da garraiada? "Sinceramente era o que esperava"
Notícias ao Minuto

20:07 - 22/03/18 por Tiago Miguel Simões

País Universidade Coimbra

A polémica instalou-se em Coimbra. Tradição? Vontade dos estudantes? Direitos dos animais? Estas questões estiveram em causa quando se fez um referendo - que afinal não era bem um referendo - para saber se a garraiada deveria continuar no programa da Queima das Fitas de Coimbra. 

Os estudantes votaram e 70,7% foram da opinião de que a garraiada deveria de acabar. Porém, agora, a vontade de 27 pessoas (o número de veteranos presentes no Conselho) sobrepôs-se à de 5.638 estudantes (número de votantes no referendo). 

O Notícias ao Minuto falou com o Dux Veteranorum da Universidade de Coimbra, João Luís Jesus que esclareceu que “não [se tratou de] um referendo, era uma consulta de opinião à Academia. Desde o início sempre foi dito, a toda a gente, que o que se pretendia era saber o que a Academia pensava sobre o assunto. Posteriormente, o Conselho de Veteranos iria receber essa informação depois do processo que teve a forma de uma pergunta como se fosse um referendo e iria decidir o que iria fazer. O que aconteceu ontem é que o Conselho de Veteranos reuniu e tomou a decisão”, explicou, admitindo que: “Eu acho que houve ali algumas coisas que não se deviam ter passado mas foram cumpridas as regras”, garante.

Pedimos-lhe então que clarifica-se como se processa o Conselho de Veteranos. “É um orgão constituído potencialmente por todos o veteranos da Universidade de Coimbra, todos têm assento no Conselho de Veteranos. Agora aqueles que aparecem para as reuniões quando elas são convocadas é outra conversa, tanto podem aparecer dez como aparecer 100. Neste caso, apareceram 27”, disse.

Mas não se ficou por aqui. “As reuniões são fechadas, o que se passa lá dentro é decidido e a única coisa que sai para fora são as decisões que são tomadas, independentemente da forma como elas são tomadas. O procedimento dentro do Conselho de Veteranos é que todas as propostas que sejam apresentadas são votadas e cada pessoa presente tem direito a um voto”, explicou.

Ainda assim, João Luis Jesus revelou que “o Conselho de Veteranos sempre teve do lado da Academia nas suas decisões maioritárias, sinceramente era o que eu esperava que saísse dali ontem, não foi”, desabafou, deixando transparecer a sua surpresa com a decisão tomada pelos veteranos que atenderam a este Conselho. 

Questionado sobre a legitimidade dos estudantes de Coimbra se sentirem defraudados pelos seus veteranos, o Dux fintou a pergunta e remeteu mais respostas para esta sexta-feira (dia 23), depois de se reunir com outros elementos do Conselho.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.