Meteorologia

  • 15 NOVEMBRO 2018
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 15º

Edição

Marcelo visita feridos de Tondela e elogia serviços públicos de saúde

O Presidente da República visitou hoje nos hospitais de Dona Estefânia e de Santa Maria, em Lisboa, três feridos do incêndio de dia 13 numa associação recreativa de Tondela e elogiou os cuidados públicos de saúde.

Marcelo visita feridos de Tondela e elogia serviços públicos de saúde
Notícias ao Minuto

20:35 - 24/01/18 por Lusa

País Presidente

Em declarações aos jornalistas, à saída do Hospital de Santa Maria, onde esteve acompanhado pelo ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, Marcelo Rebelo de Sousa enalteceu "a excelência dos profissionais de saúde" destas duas instituições públicas e a sua "dedicação ilimitada" aos doentes.

"Se há lição que podemos retirar aqui hoje é esta: é que temos aqui, em matéria de queimados e de capacidade de resposta a situações de emergência, de catástrofe, uma qualidade dos serviços de saúde e serviços públicos de saúde, em particular", considerou.

O chefe de Estado referiu que pôde testemunhar pessoalmente essa qualidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS) quando foi operado a uma hérnia umbilical, no final de dezembro, "num serviço público de saúde, também", o Hospital Curry Cabral.

O Presidente da República aproveitou esta circunstância para se congratular por estar "a surgir na sociedade portuguesa aquilo que era salutar que tivesse surgido há mais tempo, que é um debate sobre a saúde".

No seu entender, a atual lei de bases do SNS já tem muitos anos e "é bom que haja contributos para uma reflexão profunda, séria, alargada, sobre essa matéria".

O incêndio que deflagrou na noite de 13 de janeiro durante um jantar numa associação recreativa de Vila Nova da Rainha, no concelho de Tondela, fez pelo menos nove mortos e 38 feridos, entre graves e ligeiros.

Sobre a situação dos feridos deste incêndio que hoje visitou, Marcelo Rebelo de Sousa relatou que os familiares lhe transmitiram gratidão pelos serviços prestados, considerando "excecional aquilo que tem sido feito", e adiantou que a jovem internada no Hospital Dona Estefânia "deve ter alta na sexta-feira e vai para Viseu, para o hospital de Viseu".

Os dois casos do Hospital de Santa Maria têm "gravidade diversa" e "vão avançando, um mais claramente do que outro", acrescentou.

No dia em que completa dois anos da sua eleição, o Presidente da República foi questionado se espera não ter de fazer mais visitas a feridos em incêndios no resto do seu mandato.

"Esperamos, o senhor ministro e eu, não termos estas visitas, que já tivemos noutras circunstâncias, no ano passado, a vários hospitais. Que isso não venha a ocorrer novamente até ao final do mandato, portanto, até 2021", respondeu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório