Meteorologia

  • 16 JULHO 2018
Tempo
24º
MIN 21º MÁX 25º

Edição

Primo de Sócrates notificado pelas autoridades esta sexta-feira

Notícia avançada pela SIC adianta que José Pinto de Sousa entrou esta sexta-feira em Portugal e foi prontamente notificado pelas autoridades, no âmbito do processo Operação Marquês.

Primo de Sócrates notificado pelas autoridades esta sexta-feira
Notícias ao Minuto

20:44 - 24/11/17 por Notícias Ao Minuto

País Operação Marquês

O Ministério Público deduziu a acusação da Operação Marquês no passado mês de outubro, onde 28 pessoas singulares e coletivas são alvo da acusação de vários crimes. Entre elas estava José Paulo Bernardo Pinto de Sousa, primo de José Sócrates, que ainda não tinha sido formalmente notificado.

José Pinto de Sousa reside em Angola, ficando a notificação deste arguido a cargo das autoridades angolanas, para quem o Ministério Público havia enviado carta rogatória, que não tinha sido ainda cumprida.

O empresário mantém, porém, casa e negócios em Lisboa, existindo a possibilidade de ser notificado pela Autoridade Tributária e Aduaneira caso entrasse em solo português, algo que aconteceu esta sexta-feira, de acordo com o noticiado pela SIC.

Pinto de Sousa ficou em liberdade mas com Termo de Identidade e Residência em Portugal, de onde só poderá sair depois de avisar as autoridades.

Recorde-se que o primo de José Sócrates, sobre quem recaem suspeitas de ter sido um ‘testa de ferro’ do antigo primeiro-ministro, renunciou à naturalidade portuguesa este ano, sendo agora um cidadão brasileiro, através do casamento com uma cidadã daquele país (de quem já estará separado).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.