Meteorologia

  • 25 MAIO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

"Quem fez isto sabe estudar dias e vento para arder o máximo possível"

José Gomes Ferreira acredita que existe uma indústria dos fogos que tem passado incólume em Portugal.

"Quem fez isto sabe estudar dias e vento para arder o máximo possível"
Notícias ao Minuto

23:47 - 18/10/17 por Anabela de Sousa Dantas

País Gomes Ferreira

Num debate organizado no Jornal de Noite da SIC, foram apresentados números relativos aos incêndios e área ardida em Portugal este ano e chegou-se à conclusão, por exemplo, que em Itália foram registados o dobro dos fogos mas apenas um terço da área ardida.

José Gomes Ferreira é perentório quanto a uma explicação. “Esta área tão grande só resulta de uma coisa: a indústria dos incêndios, a indústria dos fogos trabalhou bem no sentido da efetividade do que queriam fazer. Conseguiram queimar muito em pouco tempo”, afirmou.

O jornalista e comentador da SIC explica que este tema deve ser debatido e investigado. “Há uma indústria dos fogos, há muitos interesses relacionados com isto. Quem o disse foi, por exemplo, o presidente do governo de Espanha que foi à Galiza e disse que havia crime organizado”, indicou, acrescentando que “o próprio Presidente da República questionou se haveria e questionou muito bem”.

Quando questionado sobre os resultados do relatório, que apontam para outras causas, Gomes Ferreira adianta que “o relatório não é feito sobre aquilo que estamos a falar” porque este tema não é estudado em Portugal.

“Quem fez isto sabe estudar os dias e o vento e a força com que ele existe para arder o máximo possível. Essa indústria dos incêndios existe e nunca foi estudada”, asseverou, garantindo que “a lógica económica destas indústrias que fornecem o combate ao fogo existe e precisa de mercado”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.