Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2017
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

Identificadas moléculas com potencial para fármacos contra tuberculose

Cientistas portugueses identificaram um mecanismo molecular que mantém ativa uma proteína existente na bactéria que causa a tuberculose, podendo servir para testar um novo medicamento contra a doença, divulgou hoje o Instituto de Medicina Molecular (iMM) de Lisboa.

Identificadas moléculas com potencial para fármacos contra tuberculose
Notícias ao Minuto

16:00 - 12/10/17 por Lusa

País Cientistas

Uma equipa liderada pelo investigador do iMM Gonçalo Bernardes identificou uma molécula de água que mantém funcional a proteína fosfatase, presente em bactérias patogénicas como a 'Mycobacterium tuberculosis', na origem da maior parte dos casos de tuberculose.

A molécula de água "evita a degradação da proteína", sintetizou à Lusa o cientista, coordenador do laboratório de Biologia Química e Biotecnologia Farmacêutica do iMM, acrescentando que a descoberta permitirá "desenhar estratégias para atacar" a proteína envolvida em diversas doenças infecciosas, nomeadamente a tuberculose.

Numa nota de imprensa, o iMM adianta que "para desenhar novos medicamentos, é essencial compreender os mecanismos moleculares por trás do funcionamento de proteínas presentes em bactérias patogénicas".

Para identificarem a molécula de água, os cientistas modificaram quimicamente os componentes da família proteínas fosfatases, recorrendo a técnicas de química orgânica, bioquímica, biofísica e computação biológica.

Os resultados da investigação, que envolveu a participação da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, foram publicados na revista científica Chem.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório