Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 26º

Plano Setorial da Defesa para a Igualdade recebe menção honrosa da ONU

Trabalho foi "reconhecido como exemplo internacional".

Plano Setorial da Defesa para a Igualdade recebe menção honrosa da ONU
Notícias ao Minuto

12:11 - 25/06/24 por Notícias ao Minuto com Lusa

País Defesa Nacional

O Plano Setorial da Defesa Nacional para a Igualdade mereceu uma "menção honrosa" das Nações Unidas, anunciou a tutela, esta terça-feira, em comunicado.

O reconhecimento foi atribuído no âmbito da edição de 2024 dos United Nations Public Service Awards (UNPSA), na categoria 'Gender Responsive Public Services', e resulta na afirmação internacional do plano como "um exemplo em matéria de serviço público".

Os UNPSA acontecem desde 2003 e procuram "reconhecer a excelência no serviço público a nível mundial", tendo como objetivo "promover e recompensar a inovação e a excelência dos serviços públicos na resposta às necessidades sociais, económicas e ambientais da sociedade".

A cerimónia de entrega dos prémios está marcada para quarta-feira, na Coreia do Sul, onde estará o Ministério da Defesa Nacional de Portugal estará representado por uma delegação liderada pelo Diretor-Geral de Recursos da Defesa Nacional, Dr. Vasco Hilário.

"O Plano Setorial da Defesa Nacional para a Igualdade é uma iniciativa desenvolvida pelo Ministério da Defesa Nacional, desde 2019, e visa promover a igualdade e a não discriminação na Defesa", concluiu a tutela em comunicado.

Pode espreitar os vencedores das diferentes categorias deste prémio, em 2024, neste link, bem como as restantes menções honrosas.

O primeiro plano Setorial para a Igualdade da Defesa 2019-2021 foi anunciado em 2019, pelo antigo ministro da Defesa João Gomes Cravinho e entre as medidas destacaram-se na altura a criação da figura do assessor de género junto dos chefes dos ramos militares, a elaboração de um código de boa conduta para a prevenção do assédio ou a utilização de linguagem não discriminatória nos documentos e discursos oficiais.

O plano foi renovado em 2022, pela então ministra da Defesa Helena Carreiras, com um prazo de aplicação até 2025.

[Notícia atualizada às 13h09]

Leia Também: ONU saúda fim da detenção de fundador da WikiLeaks

Recomendados para si

;
Campo obrigatório