Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 27º

Vendas de ansiolíticos, sedativos e hipnóticos caíram no ano passado

As vendas de medicamentos com receita que, entre outras indicações, ajudam a dormir têm vindo a cair e, no ano passado, chegaram quase a níveis pré-pandemia, com menos 270 mil embalagens vendidas, segundo o Infarmed.

Vendas de ansiolíticos, sedativos e hipnóticos caíram no ano passado
Notícias ao Minuto

07:06 - 13/03/24 por Lusa

País Infarmed

De acordo com os dados da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, depois de terem aumentado em 2021, segundo ano da pandemia, em 2022 as vendas de medicamentos da classe dos ansiolíticos, sedativos e hipnóticos começaram a cair e, em 2023, a queda foi mais acentuada.

Os números do Infarmed indicam que em 2019 foram vendidas 10.329.106 embalagens destes medicamentos, que têm outras indicações além das perturbações do sono, como a ansiedade e a doença de pânico.

No primeiro ano da pandemia o consumo caiu ligeiramente (10.233 236), mas em 2021 voltou a subir, com 10.742.611 embalagens vendidas.

Em 2022 as vendas começaram a cair e a queda foi mais acentuada no ano passado, com 10.397.863 embalagens vendidas.

Leia Também: Infarmed reduz para 98 medicamentos proibidos de exportar

Recomendados para si

;
Campo obrigatório