Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 23º

Excluída hipótese de corpo encontrado em Ovar ser de grávida da Murtosa

O corpo da mulher encontrado hoje num poço em Ovar não é o da mulher grávida desaparecida há mais de três meses no vizinho concelho da Murtosa, no distrito de Aveiro, disse à Lusa fonte policial.

Excluída hipótese de corpo encontrado em Ovar ser de grávida da Murtosa
Notícias ao Minuto

19:38 - 18/01/24 por Lusa

País Ovar

Em declarações à Lusa, fonte policial disse que os dados antropométricos (medida das dimensões físicas de uma pessoa) recolhidos permitem excluir a possibilidade de o cadáver encontrado num poço em Ovar ser da mulher desaparecida na Murtosa

Segundo a mesma fonte, estão ser realizados exames médico-legais para identificar o corpo da mulher que foi encontrado hoje, em avançado estado de decomposição, por um popular num poço em Ovar.

A mulher da Murtosa, que estava grávida de sete meses, foi vista pela última vez a 03 de outubro de 2023, quando saiu de casa com as ecografias da gravidez, ligando pouco depois ao filho a dizer que estava a regressar a casa, o que não chegou a acontecer.

A família participou o desaparecimento junto da GNR da Murtosa no dia seguinte, tendo sido levadas a cabo buscas que, até ao momento, se revelaram infrutíferas. 

A 15 de novembro de 2023, a Policia Judiciária deteve um homem, de 39 anos, com quem a vítima terá tido um relacionamento amoroso e que alegadamente será o pai do bebé que ela esperava.

Na altura, a Judiciária referiu que o detido estava "fortemente indiciado" pela prática dos crimes de homicídio qualificado, aborto agravado e profanação de cadáver.

Após ter sido presente a primeiro interrogatório judicial, a 18 de novembro, foi-lhe aplicada a medida de coação mais gravosa, tendo sido posteriormente colocado em prisão domiciliária.

Leia Também: Polícia Judiciária investiga descoberta de cadáver em poço de Ovar

Recomendados para si

;
Campo obrigatório