Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 23º

Polícia Judiciária investiga descoberta de cadáver em poço de Ovar

Há duas mulheres desaparecidas na zona de Ovar, uma delas é Mónica Silva, a grávida de sete meses desaparecida desde outubro.

Polícia Judiciária investiga descoberta de cadáver em poço de Ovar
Notícias ao Minuto

17:31 - 18/01/24 por Notícias ao Minuto

País Ovar

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar a descoberta de um cadáver "em elevado estado de decomposição" num poço, em Ovar, no distrito de Aveiro. Segundo confirmou a Guarda Nacional Republicana (GNR) ao Notícias ao Minuto, a "pessoa em causa ainda não foi identificada".

À Lusa, fontes da GNR e dos bombeiros locais adiantaram, ao início da tarde, que se tratava do corpo de uma mulher em "avançado estado de decomposição".

O alerta foi dado pelas 13h00 e após a remoção, o corpo foi depois transportado para o Instituto de Medicina Legal de Aveiro.

O Notícias ao Minuto contactou a Polícia Judiciária de Aveiro para obter mais informações, mas a autoridade recusou prestar declarações.

Em cima da mesa esteve a possibilidade de o corpo pertencer a Mónica Silva, a grávida de sete meses que foi vista pela última vez a 3 de outubro, na Murtosa, a cerca de 20 quilómetros de Ovar. No entanto, segundo a CNN Portugal, a Polícia Judiciária já terá descartado esta hipótese

"Entre as provas analisadas estão dados antropométricos, nomeadamente a altura do corpo encontrado, que não coincide com a de Mónica Silva", indica a estação televisiva, acrescentando que as perícias indicam que o corpo está na água há cerca de 15 dias e não apresenta sinais de gravidez.

Assim, o cadáver poderá pertencer a outra mulher desaparecida no concelho há cerca de sete dias, revela também a CNN Portugal.

Mónica Silva, de 33 anos, desapareceu no início de outubro na Murtosa, no distrito de Aveiro. O desaparecimento está a ser investigado pela Polícia Judiciária (PJ) e o principal suspeito, Fernando Valente, foi detido no passado dia 15 de novembro.

O suspeito foi detido após a realização de buscas a diversas propriedades e veículos pertencentes à família do suspeito. O detido, que ficou em preventiva, é um homem com quem a vítima de 33 anos terá tido um relacionamento amoroso e que alegadamente será o pai do bebé.

[Notícia atualizada às 19h16]

Leia Também: Corpo de mulher encontrado em poço em Ovar. "Estado de decomposição"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório