Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2024
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 17º

Português encontrado morto no Luxemburgo não pode ser trasladado

Corpo foi sepultado a 20 de setembro e família só soube da morte em novembro.

Português encontrado morto no Luxemburgo não pode ser trasladado
Notícias ao Minuto

23:58 - 30/11/23 por Notícias ao Minuto

País Luxemburgo

O corpo de Márcio Rodrigues, emigrante português que foi encontrado morto no Luxemburgo, foi sepultado no cemitério municipal de Hesperange em setembro, o que impediu que a trasladação fosse autorizada pelo Ministério da Saúde local.

Em comunicado, a agência funerária Valbonense, de Vila Verde, de onde o homem era natural, explicou que foram feitos "todos os esforços para tentar exumar o corpo" de Márcio, contudo, não foi possível obter "autorização por parte do Ministério da Saúde do Luxemburgo".

"Segundo o parecer desse mesmo ministério, constitui um caso de perigo para a saúde pública abrir uma sepultura onde se encontra um corpo em estado de decomposição antes de cumprir o prazo legal de sepultamento de 3 a 5 anos", referiu a agência, que estava encarregue de tratar do processo de trasladação.

Desta forma, é necessário aguardar o término desse período "até ser possível fazer a trasladação das ossadas para Portugal".

A agência refere ainda que a família do emigrante agradece "todas as manifestações de carinho e solidariedade" que foram demonstradas ao longo dos últimos dias.

De realçar que Márcio Rodrigues estava incontactável desde 20 de junho, tal como tinha adiantado o jornal Vilaverdense. A família desconhecia o paradeiro de Márcio, assim como qualquer informação sobre o seu estado, e só soube da morte este mês, apesar de o corpo já ter sido encontrado e seputaltado há várias semanas. 

Na altura, as autoridades luxemburguesas estava a investigar as causas da morte e não descartavam a hipótese de crime.

Leia Também: Avião que saiu de Madrid para Bogotá aterrou de emergência em Santa Maria

Recomendados para si

;
Campo obrigatório