Meteorologia

  • 15 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 22º

Investigação vai "apurar responsabilidades" no incêndio na Mouraria

O ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, afirmou hoje que a investigação em curso sobre o incêndio na Mouraria que provocou dois mortos vai permitir apurar "todas as responsabilidades".

Investigação vai "apurar responsabilidades" no incêndio na Mouraria
Notícias ao Minuto

12:21 - 06/02/23 por Lusa

País Incêndio na Mouraria

"Vamos aguardar pelo decurso das investigações que estão a ser desenvolvidas pela Polícia Judiciária, porque naturalmente todas as responsabilidades serão apuradas no quadro da investigação que está em curso", sustentou.

À chegada à cerimónia do Dia da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro da Guarda Nacional Republicana, que decorreu esta manhã em Coimbra, José Luís Carneiro lamentou a morte dos dois homens, bem como as condições desumanas em que viviam.

Questionado sobre a quem compete fiscalizar e assegurar proteção neste âmbito, o representante do Governo sublinhou que as questões de dimensão municipal "têm uma responsabilidade de nível local".

"Portanto, é aí que se deve procurar averiguar o que de facto se passou. Julgo que as investigações estão em curso", acrescentou.

Na noite de sábado, um incêndio deflagrou num prédio no bairro lisboeta da Mouraria, provocando dois mortos, de nacionalidade indiana, e 14 feridos, todos já com alta hospitalar.

O incêndio no edifício, habitado essencialmente por cidadãos indianos, afetou 25 pessoas, 24 residentes e um não residente, deixando 22 desalojados, além da morte de dois cidadãos indianos, um dos quais um jovem de 14 anos.

De acordo com a Proteção Civil Municipal, a vistoria para avaliar as condições de segurança e habitabilidade do prédio da Mouraria, em Lisboa, terá lugar esta tarde.

Leia Também: Santos Silva espera que incêndio na Mouraria sacuda "consciências"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório