Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2021
Tempo
25º
MIN 14º MÁX 26º

Edição

Vistos 'gold' ficarão sujeitos a alertas automáticos da Interpol

O número de vistos dourados emitidos a cidadãos estrangeiros tem aumentado e, procurando um controlo mais apertado, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) vai passar a ser alertado automaticamente para qualquer referência internacional dos candidatos, na altura da emissão do visto até à data limite da sua duração, avança o Diário de Notícias.

Vistos 'gold' ficarão sujeitos a alertas automáticos da Interpol

Com a quantidade de vistos dourados a aumentar em Portugal, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) vai passar a receber, por via informática, alertas automáticos das bases de dados de segurança internacionais, como a Interpol, sempre que algum candidato a visto ou titular de um seja referenciado, avança o Diário de Notícias.

O SEF adianta que, até sexta-feira passada, tinham sido concedidas 905 autorizações de residência para investimento (ARI) e 1.210 a familiares, ultrapassando já os 20.00 vistos.

“Atualmente, esta vigilância é feita manualmente, com os inspetores do SEF a introduzir nas bases de dados internacionais, cada um dos nomes dos estrangeiros com as autorizações de residência para investimento e a verificarem se há alguma referência. Com o novo sistema o SEF receberá essa informação automaticamente”, afirmou o órgão policial à mesma publicação, acrescentando que o controlo automático é feito desde a altura do pedido de emissão do visto até à sua caducidade.

Relembre-se o caso do cidadão chinês com visto ‘gold’ que foi detido pela Polícia Judiciária, uma vez que era procurado pela Interpol. Mesmo tendo sido o mandado posterior à emissão do visto, com este novo sistema a PJ teria sido imediatamente alertada e a detenção teria sido mais rápida.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório