Meteorologia

  • 30 JANEIRO 2023
Tempo
10º
MIN 3º MÁX 12º

Escolhia vítimas nas redes e pedia dinheiro para "serviços espirituais"

"Se as vítimas recusassem a continuação dos pagamentos eram ameaçadas com a divulgação pública de dados pessoais e íntimos", adianta a GNR em comunicado. Mulher foi constituída arguida.

Escolhia vítimas nas redes e pedia dinheiro para "serviços espirituais"
Notícias ao Minuto

12:18 - 07/12/22 por Notícias ao Minuto

País Braga

Uma mulher, de 27 anos, foi constituída arguida pelos pelos crimes de burla qualificada, extorsão e branqueamento, em Barcelos. 

No âmbito de uma investigação do Comando Territorial de Braga da Guarda Nacional Republicana (GNR), "que decorreu durante três meses", foi possível "apurar que a suspeita selecionava as vítimas através das redes sociais, em páginas relacionadas com práticas de esoterismo, onde as persuadia a realizar transferências bancárias para a execução de serviços espirituais para melhorar as suas vidas", é descrito em comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

"Se as vítimas recusassem a continuação dos pagamentos eram ameaçadas com a divulgação pública de dados pessoais e íntimos", explica ainda a GNR.

No decorrer das diligências, os militares "deram cumprimento a três mandados de busca, das quais uma domiciliária, uma em estabelecimento e em instituição bancária". Foi possível apreender "dois telemóveis e o saldo de uma conta bancária utilizada para o depósito dos valores conseguidos e as transações de dinheiro com as vítimas".

A suspeita foi constituída arguida e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial da Póvoa de Lanhoso.

Leia Também: Bragança. Julgada antiga freira acusada de desviar 360 mil

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório