Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 17º

GNR já deteve mais de 1.100 pessoas por violência doméstica este ano

Esta força de segurança promove, esta sexta-feira, a campanha 'Submissão Não É Opção', direcionada para a prevenção de comportamentos violentos contra as mulheres.

Notícias ao Minuto

08:42 - 25/11/22 por Notícias ao Minuto

País Violência doméstica

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve 1.167 pessoas e registou 11.176 crimes de violência doméstica até ao final do mês de setembro, anunciou aquela força de segurança, que promove, esta sexta-feira, a campanha 'Submissão não é opção'.

Os dados provisórios, recolhidos até 30 de setembro, estão já muito próximos dos de todo o ano de 2021, altura em que, na área de responsabilidade da GNR, foram registados 12.755 crimes de violência doméstica e detidas 1.172 pessoas.

Naquele que é o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres, a campanha é direcionada para a prevenção de comportamentos violentos contra as mulheres, "atendendo a que a violência se dissimula sobre diferentes formas".

Esta campanha vai ser materializada na divulgação de um vídeo - que pode ver na galeria - e cartazes distribuídos a nível nacional (imagem acima).

Segundo um comunicado daquela força de segurança, o objetivo é "sensibilizar a comunidade em geral para a consciencialização sobre a igualdade de género e a promoção de uma cultura de não-violência, assim como sensibilizar os diferentes públicos-alvo para o fenómeno da violência contra as mulheres, sobretudo a violência doméstica, violência no namoro, violação e outras agressões sexuais".

"A violência contra as mulheres e a violência doméstica são das formas mais gravosas de discriminação das mulheres em razão do seu sexo, reflexo de persistentes estereótipos de género e de relações de poder desiguais. O impacto deste crime não se circunscreve apenas às vítimas diretamente envolvidas, afetando também as famílias e a sociedade no seu conjunto", conclui a missiva.

Leia Também: Marcelo pede a todos que combatam violência contra as mulheres

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório