Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 14º

Detetada legionella na Autoeuropa. Comissão de Trabalhadores preocupada

A Comissão de Trabalhadores (CT) da Autoeuropa exigiu hoje à empresa que tome "todas as medidas de proteção necessárias" face à deteção de legionella num equipamento da fábrica, apesar de não haver qualquer trabalhador infetado.

Detetada legionella na Autoeuropa. Comissão de Trabalhadores preocupada

"A CT alertou a empresa de que, tendo em conta esta situação, deverão ser tomadas todas as medidas de proteção que se mostrem necessárias", refere, em comunicado, a organização representativa dos trabalhadores da Autoeuropa.

A CT da Autoeuropa lamenta também que a empresa só tivesse comunicado a situação aos trabalhadores de "forma tardia e a reboque da imprensa", dado que só terá sido informada pela administração após uma notícia divulgada na quinta-feira pelo jornal O Setubalense.

De acordo com o mesmo jornal, a administração da fábrica terá acionado todos os procedimentos de segurança estabelecidos para este tipo de situações, mas não alertou os trabalhadores.

Em nota interna dirigida aos trabalhadores da fábrica, a que a agência Lusa teve acesso, a Autoeuropa esclarece que implementou um plano de prevenção e controlo da legionella, que prevê a realização de análises periódicas à água nas suas instalações.

Refere ainda que, no âmbito das análises periódicas efetuadas na fábrica, "foi detetada a presença de legionella em equipamentos técnicos localizados em áreas exteriores às naves de produção" e que, "perante esta situação, e no estrito cumprimento da lei portuguesa, a Volkswagen Autoeuropa antecipou e agregou todos os procedimentos de segurança estabelecidos para esta situação".

"Foi efetuada de imediato a limpeza e desinfeção dos equipamentos afetados, foram realizados testes e recolhida uma amostra para cultura em laboratório, de modo a validar a eficácia destas ações e foram implementadas todas as medidas adicionais de limpeza e prevenção no sentido de reforçar os protocolos estabelecidos", salienta a nota interna dirigida aos trabalhadores.

A Autoeuropa sublinha também que "as autoridades competentes foram devidamente notificadas e informadas de acordo com o previsto na lei e com o Plano de Prevenção e Controlo de legionella" e que se mantém ativo o protocolo de monitorização e controlo químico e orgânico previsto nestas situações".

"Saliente-se que não há registo de pessoas infetadas ou sintomáticas", acrescenta a nota interna, em que a direção da Volkswagen Autoeuropa agradece o "empenho e o enorme profissionalismo demonstrado pelas diversas equipas envolvidas neste processo".

Leia Também: UGT vai colaborar na sensibilização pela eletrificação do setor automóvel

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório