Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2022
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 15º

Temperaturas vão subir e andar perto dos 40ºC em algumas zonas do país

Estas são as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para os próximos dias.

Temperaturas vão subir e andar perto dos 40ºC em algumas zonas do país
Notícias ao Minuto

23:00 - 17/08/22 por Ema Gil Pires com Lusa

País Meteorologia

Os próximos dias ficarão marcados por uma subida gradual das temperaturas, de acordo com as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Na sexta-feira, os termómetros vão mesmo chegar perto dos 40ºC em alguns distritos.

Mas olhemos primeiro para quinta-feira, dia onde o sol deverá brilhar em todo o território de Portugal Continental. No entanto, nos arquipélagos é esperado um céu parcialmente nublado, podendo mesmo registar-se chuva ou aguaceiros em Angra do Heroísmo, nos Açores.

Quanto a temperaturas máximas, as mesmas podem ir até aos 35ºC em Setúbal e aos 34ºC em distritos como Santarém, Beja e Évora. Em Lisboa, Faro e Porto são esperados valores máximos ligeiramente mais baixos - 32ºC, 30ºC e 27ºC, respetivamente.

No dia seguinte, sexta-feira, os termómetros vão voltar a subir de forma generalizada em todo o país. As previsões apontam para que Santarém seja o distrito mais quente, com 38ºC de máxima, seguindo-se os de Lisboa, Setúbal, Évora e Beja (37ºC). Porto e Faro deverão ficar-se pelos 30ºC e 32ºC, respetivamente.

De referir que, no dia que antecede o fim de semana, só são esperadas temperaturas máximas abaixo dos 30ºC em Viana do Castelo e Guarda (ambos com 29ºC) e nos arquipélagos da Madeira e dos Açores (entre os 25ºC e os 26ºC).

Sexta-feira será também um dia bastante soalheiro em todo o território nacional, sendo apenas esperada alguma nebulosidade, embora pouca, em várias das ilhas dos arquipélagos.

Terceira onda de calor. Eis os cuidados a ter

Na quarta-feira, à saída de uma reunião com o ministro da Administração Interna para avaliar as previsões meteorológicas para os próximos dias, o presidente do IPMA disse que o país ia enfrentar a terceira onda de calor deste ano a partir do dia 20, sábado.

Depois deste alerta, a Direção-Geral da Saúde (DGS) recomendou a adoção de medidas de proteção adicionais contra o calor, como o aumento de ingestão de água ou de sumos de fruta e aconselhou a população a evitar o consumo de bebidas alcoólicas, assim como a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11:00 e as 17:00.

Numa nota divulgada no 'site', a DGS lembra que o IPMA prevê um aumento gradual das temperaturas nos próximos dias e aconselha a procura de ambientes frescos e arejados, ou climatizados.

O uso de roupa solta, opaca e que cubra a maior parte do corpo, de chapéu de abas largas e óculos de sol com proteção ultravioleta são outras das medidas de proteção adicionais recomendadas.

Na informação divulgada na quarta-feira, a DGS aconselha a que se evite "atividades que exijam grandes esforços físicos, nomeadamente desportivas e de lazer no exterior".

Recomenda igualmente que se escolha as horas de menor calor para viajar de carro e pede "atenção especial" aos grupos mais vulneráveis ao calor, como crianças, idosos, doentes crónicos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida, trabalhadores com atividade no exterior, praticantes de atividade física e pessoas isoladas.

Segundo a autoridade de saúde, os doentes crónicos ou sujeitos a medicação e/ou dietas específicas "devem seguir as recomendações do médico assistente ou do centro de contacto SNS 24: 808 24 24 24".

Leia Também: DGS recomenda medidas de proteção adicionais contra o calor

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório