Meteorologia

  • 29 JUNHO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 24º

Seca. Barragem de Arcossó em Chaves com 37% da capacidade e restrições

A albufeira da barragem de Arcossó está com 37% da sua capacidade e os agricultores da veiga de Chaves já cumprem restrições na rega neste território onde as culturas predominantes são a batata e o milho.

Seca. Barragem de Arcossó em Chaves com 37% da capacidade e restrições

São à volta de 3.500 os agricultores que regam a partir da albufeira da barragem de Arcossó, que se situa no concelho de Chaves, no distrito de Vila Real, o qual, segundo fontes oficiais, atingiu um nível de seca extrema.

Este aproveitamento hidroagrícola está incluído na lista de sete, anunciada terça-feira pelo Governo, com restrições para a campanha de rega no país.

No entanto, António Oliveira, da Associação de Regantes e Beneficiários da Veiga de Chaves, disse à agência Lusa que os agricultores já cumprem limitações.

Devido ao ano seco, explicou, foi pedido que as sementeiras fossem feitas mais cedo, depois a campanha de rega abriu cerca de duas semanas mais tarde do que nos anos anteriores, em meados de maio, e estão também limitadas as regas de lameiros.

A prioridade é, frisou, para as culturas de milho e de batata, as produções com maior destaque neste território.

António Oliveira disse ainda que, ao contrário do que aconteceu nos anos anteriores, este ano a água da albufeira vai ser apenas usada no "bloco 2", que rega cerca de 680 hectares.

O "bloco 1", destinado a 970 hectares, é regado pelas águas do rio Tâmega e, depois, também reforçado com a barragem, o que não vai acontecer este ano.

António Oliveira apontou as preocupações dos agricultores por causa do cenário de seca que afeta este concelho do Norte do distrito de Vila Real e se estende praticamente a todo o território nacional.

No ano passado, referiu, a barragem estava por esta altura cheia, enquanto este ano tem apenas 37% da sua capacidade.

"Ela armazena 4,8 milhões de metros cúbicos de água e temos lá à volta de 1,5 milhões de metros cúbicos", explicou, referindo que a albufeira possui três cotas: a do caudal ecológico, a do abastecimento de água e da destinada à agricultura.

A chuva que tem caído nestes dias tem ajudado às culturas e, segundo António Oliveira, com as restrições aplicadas, espera-se conseguir cumprir a campanha deste ano, que se estende até setembro.

No entanto, advertiu que se as temperaturas aumentarem muito a água pode acabar "lá para agosto".

O Governo anunciou na terça-feira que vai lançar a partir de julho campanhas de promoção do uso eficiente da água, dirigidas a todos os tipos de consumidores, com reuniões mensais de acompanhamento da situação até final de setembro.

Leia Também: Seca. Agricultores e pastores do Norte dizem viver "situação gritante"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório