Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 16º

PS ameaça chumbar adesão da Figueira da Foz à Fundação Serralves

A maioria socialista na Assembleia Municipal da Figueira da Foz ameaçou hoje chumbar a adesão do município, liderado por Pedro Santana Lopes, à Fundação de Serralves, se não forem esclarecidas as mais-valias dessa ligação.

PS ameaça chumbar adesão da Figueira da Foz à Fundação Serralves
Notícias ao Minuto

20:11 - 29/04/22 por Lusa

País PS

O aviso surgiu na tarde hoje, durante a reunião da Assembleia Municipal, pela voz de João Portugal, líder da bancada do PS, que detém a maioria absoluta naquele órgão, depois do assunto já ter sido discutido em sessão de Câmara, embora ainda sem votação.

"Se o protocolo que vier [à reunião] não for claro e não disser as mais-valias para o município e que justifiquem os 100 mil euros previstos, não votaremos a favor", advertiu o socialista, solicitando informação esclarecedora sobre a parceria que o executivo pretende assinar com a instituição portuense.

Segundo João Portugal, o protocolo entre a Câmara e a Fundação de Serralves deve ser esclarecedor e detalhar as "mais-valias" para o município, que, para aderir como fundador, terá de pagar 100 mil euros, distribuídos por quatro anos.

Para o líder da bancada socialista, "não faz sentido investir 100 mil euros em quatro anos, sem termos garantias de quais são as mais-valias" do protocolo para o município da Figueira da Foz.

Caso o protocolo com a Fundação de Serralves não se revele vantajoso, os socialistas admitem apresentar uma proposta para distribuir o mesmo montante, em quatro anos, pelo tecido associativo do concelho.

A proposta de adesão do município da Figueira da Foz como fundador da Fundação de Serralves já esteve em discussão na reunião de Câmara, mas foi retirada pelo presidente do executivo, Pedro Santana Lopes, que, na altura, destacou a importância da parceria para a vinda de exposições importantes para o município.

O único vereador do PSD, Ricardo Silva, já tinha ameaçado, naquela reunião do executivo camarário, votar contra a proposta, por considerar que o protocolo não indicava claramente as vantagens da adesão do município à Fundação.

Leia Também: Centro de Mangualde da Stellantis entra na segunda-feira em 'lay-off'

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório