Meteorologia

  • 29 MAIO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 22º

Terras de Trás-os-Montes recomenda cancelamento de feiras temáticas

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Terras de Trás-os-Montes decidiu recomendar a não realização de feiras temáticas nos nove concelhos deste território, devido à evolução da pandemia de covid-19, numa posição tornada hoje pública.

Terras de Trás-os-Montes recomenda cancelamento de feiras temáticas
Notícias ao Minuto

11:09 - 14/01/22 por Lusa

País Covid-19

O conselho intermunicipal, onde são tomadas as decisões conjuntas, manifesta "preocupação com as consequências que a realização de grandes eventos, principalmente feiras temáticas, possam ter no quadro da evolução da atual situação pandémica no território".

"Daí que, numa posição concertada entre todos os presidentes de Câmara que integram este órgão, tenha sido decidido recomendar a não realização de feiras temáticas nos nove concelhos desta CIM", informa, em comunicado.

A recomendação "mantém-se em vigor até 15 de fevereiro e aplica-se aos concelhos de Alfândega da Fé, Bragança, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mirandela, Mogadouro, Vila Flor, Vimioso e Vinhais.

Em causa está, justifica a CIM, "o facto destas iniciativas implicarem uma grande concentração de pessoas, dificultando o controlo sanitário e criando condições favoráveis para a propagação do vírus".

À semelhança do que acontece no país e a nível internacional, o número de casos de infeção pelo novo coronavírus é atualmente superior e os internamentos hospitalares inferiores aos de picos anteriores da pandemia, de acordo com dados das autoridades de saúde.

A covid-19 provocou 5.511.146 mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 19.203 pessoas e foram contabilizados 1.774.477 casos de infeção, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

Uma nova variante, a Ómicron, considerada preocupante e muito contagiosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, em novembro, foram notificadas infeções em pelo menos 110 países, sendo dominante em Portugal.

Leia Também: Dormidas e hóspedes mantêm crescimento, mas ainda abaixo de 2019

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório