Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2021
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

GNR acaba com festa que juntava 400 pessoas em zona erma de Vilamoura

De ontem para hoje, autoridade dispersou 600 pessoas em Albufeira e Vilamoura, em duas situações distintas. Na situação de Vilamoura, foram ainda denunciadas diversas agressões.

GNR acaba com festa que juntava 400 pessoas em zona erma de Vilamoura

O Comando Territorial de Faro, dispersou cerca de 600 pessoas, em duas ações distintas, que desrespeitavam as medidas vigentes para a contenção da pandemia, no concelho de Albufeira e de Loulé.

Em comunicado enviado às redações, a GNR refere que a primeira situação ocorreu no concelho de Albufeira, na quinta-feira.

Depois de uma denúncia para a Polícia Marítima, que pediu apoio ao Posto Territorial de Olhos de Água, os militares deslocaram-se ao local e verificaram "um grande ajuntamento de pessoas em desrespeito pelas regras de ocupação e permanência num estabelecimento de restauração"

Das diligências efetuadas confirmou-se que, no interior do estabelecimento e nas suas imediações, "encontravam-se cerca de 200 pessoas que não cumpriam as regras de distanciamento físico e excediam a lotação permitida no espaço", adianta a GNR. 

O estabelecimento foi encerrado, tendo sido elaborado um auto de contraordenação ao proprietário.

Na segunda ação, que ocorreu durante a madrugada de hoje, sexta-feira, a GNR detetou uma festa com cerca de 400 pessoas, numa zona erma e isolada de Vilamoura (concelho de Loulé). 

No seguimento da ação, de acordo com a GNR, foram ainda denunciadas diversas agressões, "as quais obrigaram a uma intervenção imediata para repor a ordem e segurança no local, tendo sido empenhados diversos meios operacionais da valência territorial, de trânsito e de intervenção". 

Na sequência da ação foram detidos três indivíduos, tendo ainda sido elaborados os respetivos autos de contraordenação no âmbito da legislação Covid-19 e da legislação rodoviária.

Os detidos foram constituídos arguidos, e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Loulé.

Leia Também: PSP termina com festa em Elvas onde estavam cerca de 150 pessoas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório