Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Autoagendamento da vacina contra a Covid-19 não vigora na Madeira

O Governo da Madeira esclareceu hoje que, ao contrário do que acontece a nível nacional, o autoagendamento da toma da vacina contra a covid-19 não está implementado na região.

Autoagendamento da vacina contra a Covid-19 não vigora na Madeira
Notícias ao Minuto

18:56 - 23/06/21 por Lusa

País Madeira

"O autoagendamento não está em vigor na região", lê-se numa nota divulgada pelo gabinete do secretário da Saúde e Proteção Civil do arquipélago.

O Governo Regional fez este esclarecimento depois de terem surgido na região mensagens a promover o agendamento prévio da vacinação.

A nível nacional, o autoagendamento da toma da vacina contra a covid-19 está disponível, a partir de hoje, para pessoas a partir dos 35 anos na plataforma da Direção-Geral da Saúde (DGS) destinada a estas marcações.

"Na Região Autónoma da Madeira, o agendamento da vacinação contra a covid-19 é feita pelos serviços de saúde com secretariados dedicados a esta matéria", adianta a informação do executivo madeirense.

No mesmo documento, as autoridades de saúde da Madeira destacam que a campanha de vacinação contra a covid-19 está a decorrer por todos os municípios da região e "os utentes são convocados em função do critério da idade, pelos secretariados correspondente a cada concelho".

As autoridades lamentam que "estejam a circular mensagens nas redes sociais a informar da existência de linhas telefónicas a promover o agendamento prévio da vacinação".

"As mensagens difundidas são falsas e não correspondem à estratégia regional definida pelo plano regional de vacinação contra a covid-19 na Madeira", lê-se na nota.

Ainda informa que está disponível uma linha telefónica oficial e dedicada à vacinação, o 800 210 263.

De acordo com as autoridades regionais, foram administradas até às 18:31 horas de hoje 198.878 vacinas na Madeira.

O último boletim de vacinação na região, divulgado na terça-feira, indica que, dos cerca de 260 mil residentes na Madeira, 34% já têm a vacinação completa contra a covid-19 e 43% receberam a primeira dose.

O processo de vacinação contra a covid-19 na região começou em 31 de dezembro de 2020.

Ainda segundo as autoridades de saúde da Madeira, as pessoas vacinadas pertencem a grupos prioritários definidos no Plano Regional de Vacinação contra a covid-19, de acordo com a alocação das vacinas à região.

O boletim epidemiológico hoje divulgado pela Direção Regional da Saúde indica que foram diagnosticados 11 novos casos de infeção por SARS-CoV-2 Madeira, que passa a contabilizar 9.600 situações confirmadas.

Hoje, a região tem 72 casos ativos, mais seis doentes recuperados e mantém os 72 óbitos associados à doença.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.884.538 vítimas mortais em todo o mundo, resultantes de mais de 179 milhões de casos de infeção diagnosticados oficialmente, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.077 pessoas e foram confirmados 868.323 casos de infeção, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: Tem 37 anos ou mais? Já pode autoagendar a vacina contra a Covid-19

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório