Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 23º

Vila Velha de Ródão denuncia início da atividade na central termoelétrica

A Câmara de Vila Velha de Ródão denunciou à Direção-Geral de Energia e Geologia o reinício da atividade da central termoelétrica da Bioenergy, mas a administração da empresa nega e fala em testes de manutenção.

Vila Velha de Ródão denuncia início da atividade na central termoelétrica
Notícias ao Minuto

13:16 - 26/05/21 por Lusa

País Bioenergy

Numa carta a que a agência Lusa teve hoje acesso, dirigida ao diretor-geral da Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), o município de Vila Velha de Ródão, no distrito de Castelo Branco, refere que na sexta-feira, 21 de maio, verificou que a empresa "reiniciou a sua atividade normal e que à data de hoje [terça-feira] se encontra a laborar, situação que se constata pela libertação das emissões gasosas nos dois emissários que a empresa detém".

A autarquia pede ainda informação sobre o despacho da DGEG, emitido em 08 de março, que determinou a suspensão da atividade da empresa e quer saber se este "já não se encontra em vigor", e, em caso afirmativo, solicita informação sobre os "fundamentos da sua revogação".

A DGEG, através de um despacho de 08 de março, determinou "a suspensão dos efeitos da licença de exploração atribuída à central termoelétrica da Bioenergy - Sociedade de Produção de Energia, S.A. pelo prazo de sete meses a contar da data de notificação do despacho, que se converterá em revogação da licença caso a fiscalização a realizar ateste a manutenção de irregularidades".

O documento, assinado pelo diretor-geral João Bernardo, refere que "a suspensão poderá cessar antes do prazo fixado ou prolongar-se", caso "as medidas necessárias sejam adotadas antecipadamente ao prazo fixado ou caso seja necessário prorrogação daquele prazo para a respetiva adoção".

À Lusa, o administrador da central termoelétrica da Bioenergy disse que a empresa "está a realizar testes de manutenção".

"O equipamento está parado há cerca de 80 dias. É imenso tempo e é preciso fazer a sua manutenção", afirmou Nuno Carvalho.

Este responsável adiantou ainda que se encontra à espera de "luz verde" da DGEG para a central termoelétrica retomar o seu normal funcionamento.

Recentemente, a Comissão de Trabalhadores da central termoelétrica da Bioenergy manifestou a sua preocupação com a impossibilidade de a empresa laborar.

Numa carta dirigida ao diretor-geral da DGEG, os trabalhadores mostraram-se apreensivos com a impossibilidade da empresa "produzir energia, sua única fonte de rendimentos, o que deixa todos muito preocupados com a manutenção dos postos de trabalho".

"Infelizmente, não temos tido por parte das autoridades políticas locais e nacionais qualquer contacto, nem ouvimos da parte dos mesmos qualquer palavra de conforto ou sossego. Não sentimos qualquer preocupação com os trabalhadores da fábrica, com os nossos postos de trabalho e com as nossas famílias. Ao longo dos últimos tempos sentimo-nos completamente abandonados", lê-se na missiva.

Segundo a Comissão de Trabalhadores, na totalidade, dependem da empresa mais de 90 colaboradores diretos e todo o setor do azeite "será impedido de laborar", caso a empresa "não consiga operar com normalidade".

Leia Também: Trabalhadores da central termoelétrica de Vila Velha de Ródão preocupados

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório