Meteorologia

  • 11 AGOSTO 2022
Tempo
25º
MIN 19º MÁX 26º

Programa Bairros Saudáveis financia 246 projetos e quase esgota verba

Das 246 candidaturas aprovadas, 69 são em territórios do Interior.

Programa Bairros Saudáveis financia 246 projetos e quase esgota verba
Notícias ao Minuto

15:51 - 11/05/21 por Notícias ao Minuto

País Bairros Saudáveis

O Programa Bairros Saudáveis vai financiar 246 projetos, dos quais 69 em territórios do Interior, o que “praticamente esgota” a dotação disponível de dez milhões de euros, anunciou esta terça-feira a coordenação do programa.

Em comunicado, a entidade responsável pelo Programa Bairros Saudáveis adianta que, no processo de candidaturas, foram recebidas 774 propostas de projetos, das quais foram admitidas 752, excluindo 22 "por não terem conseguido apresentar em tempo todos os documentos obrigatórios".

O financiamento máximo por candidatura é de 50 mil euros.

De acordo com a Coordenadora Nacional do Programa Bairros Saudáveis, Helena Roseta, as candidaturas aprovadas obtiveram pontuação igual ou superior a 76,5 pontos (num máximo de 100) e “serão todas financiadas a 100%”, num total de 9,99 milhões de euros (9.992.647 euros).

"Das 246 candidaturas aprovadas, 181 projetos solicitam um financiamento entre 25.001 e 50 mil euros, 57 pedem um apoio entre 5.001 e 25 mil euros e oito estimam um montante até 5.000 euros", lê-se ainda no comunicado, que adianta que "as verbas serão transferidas de forma faseada, devendo ser executadas até abril de 2022".

A maior parte das candidaturas aprovadas para financiamento ficam na região de Lisboa e Vale do Tejo (91), seguida da região Norte (com 71) e do Centro, com (35). O Alentejo teve 27 candidaturas aprovadas e o Algarve 17. No total, 69 dos projetos viabilizados são em territórios do interior do país.

Em vigor desde julho de 2020, o Programa Bairros Saudáveis aplica-se a Portugal continental e visa apoiar intervenções locais de promoção da saúde e da qualidade de vida das comunidades territoriais, através de projetos apresentados por "associações, coletividades, organizações não governamentais, movimentos cívicos e organizações de moradores".

Leia Também: Mercado residencial: Mais 21 por cento de casas vendidas no 1.º trimestre

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório