Meteorologia

  • 20 JUNHO 2021
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

U.Porto quer reabilitar bancada do estádio e construir apoios

A Universidade do Porto (U. Porto) vai lançar um concurso no valor máximo de 1,6 milhões de euros para requalificação da bancada do estádio universitário e a construção de edifícios de apoio, referiu hoje fonte desta instituição académica.

U.Porto quer reabilitar bancada do estádio e construir apoios
Notícias ao Minuto

14:31 - 11/05/21 por Lusa

País Universidade do Porto

Em causa está a continuação da empreitada de requalificação do estádio universitário, um complexo desportivo da U. Porto construído em 1953 junto à Ponte da Arrábida, mas cujo pouco aproveitamento culminou num estado de quase abandono.

A requalificação da bancada e a construção de edifícios de apoio terão como "teto máximo" o valor de 1,6 milhões de euros, referiu à agência Lusa fonte da U. Porto.

Uma deliberação do reitor da U. Porto, António de Sousa Pereira, publicada hoje em Diário da República (DR) refere que este valor se divide em duas fases de investimento: mais de 400 mil euros este ano e cerca de 1,2 milhões em 2022.

A verba é assegurada por fundos próprios da U. Porto.

Relativamente a prazos para conclusão da obra, cujo concurso será ainda lançado, não foi possível obter estimativas nem através da deliberação em DR, nem junto da U. Porto.

A obra de requalificação total do estádio universitário da U. Porto teve início há dois anos.

Numa cerimónia que decorreu em abril de 2019 com a presença do primeiro-ministro, António Costa, foi revelado que a U. Porto previa gastar, no total, cerca de cinco milhões de euros neste equipamento que tem uma área de 2.900 metros quadrados.

O objetivo, revelado naquela cerimónia, era dotar a infraestrutura de condições para passar a poder acolher competições desportivas oficiais de nível nacional e internacional de futebol e râguebi, destacando-se, que no que diz respeito ao futebol, a possibilidade de poder receber jogos oficiais de 11 até à II Liga portuguesa.

Prevendo poder acolher em simultâneo cerca de 500 praticantes por hora, o projeto apresentado incluía uma pista de treinos para atletismo com três corredores de 100 metros, duas pistas de treino de salto em comprimento ou triplo salto e respetivas caixas de areia, zonas para desportos de raquete, como 'padel' e ténis, bem como desportos de praia, e uma zona para centro de 'fitness' e apoio ao Alto Rendimento.

No projeto também eram descritas infraestruturas de apoio que permitiriam a montagem e desmontagem de um palco exterior de média dimensão de modo a poder acolher concertos e espetáculos ao ar livre.

De acordo com fonte da U. Porto, a primeira fase da requalificação, que incluiu os campos de jogos e caminhos exteriores, "está já concluída e em uso".

Leia Também: AO MINUTO: Internamentos seguem a descer; Vacinas? Chegámos aos 4 milhões

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório