Meteorologia

  • 14 MAIO 2021
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 23º

Edição

Com eleições "longe", Medina quer cidade imunizada para "virar página"

Fernando Medina recusou comentar a candidatura de Carlos Moedas à Câmara de Lisboa, afirmando estar ainda longe o momento das eleições autárquicas. Autarca prefere colocar o foco no objetivo de ter, nos próximos meses, a população da capital toda vacinada contra a Covid-19 para se conseguir "virar a página" da pandemia.

Com eleições "longe", Medina quer cidade imunizada para "virar página"

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa (CML), Fernando Medina, afirmou que as eleições autárquicas ainda estão "longe", recusando assim tecer qualquer comentário à candidatura de Carlos Moedas, do PSD, à capital.

"Não vou fazer nenhum comentário sobre candidaturas autárquicas. Estamos muito longe ainda das eleições autárquicas, cada um escolhe naturalmente o momento das suas declarações. (...)", disse, em declarações aos jornalistas à margem da abertura de um novo centro de vacinação contra a Covid-19 em Lisboa.

"Limito-me a fazer aquilo que é o meu programa como presidente que é concretizar o plano de vacinação na cidade", acrescentou, fixando como objetivo, nos próximos meses, "termos a cidade de Lisboa toda vacinada, protegendo assim todos os lisboetas".

Perante a insistência dos jornalistas, o autarca voltou a referir que "estamos muito longe da data" das eleições, preferindo realçar o desafio que tem em mãos. "Acima de tudo há um foco de concretizar o plano de vacinação que é da maior importância para podermos virar a página relativamente à pandemia", assinalou.

Fernando Medina considerou que abertura do sétimo centro de vacinação contra a Covid-19 em Lisboa "é um passo de grande importância", destacando a articulação entre os vários profissionais intervenientes.

"Quero deixar aqui uma palavra de reconhecimento e de agradecimento a todos os profissionais: os enfermeiros, os médicos, elementos da Proteção Civil Municipal, bombeiros, todos os voluntários (...) [Trata-se de] uma operação conjunta ao serviço da população", salientou.

O autarca disse está previsto que no começo sejam vacinadas neste novo centro, localizado no edifício dos Serviços Sociais da CML, nas Olaias, cerca de 190 pessoas por dia, um ritmo que será depois adequado às necessidades de expansão do processo de vacinação.

Segundo Medina, até hoje foram vacinadas nas unidades existentes na cidade cerca de oito mil pessoas. Nesta primeira fase, a capital pretende vacinar 70 mil pessoas dos grupos prioritários.

Para facilitar o acesso dos mais idosos à vacinação, a CML está a disponibilizar um serviço de táxi gratuito, que funciona através de chamada telefónica.

Leia Também: Portugal deve vacinar mais pessoas "no mais curto espaço de tempo"

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório