Meteorologia

  • 16 MAIO 2021
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 25º

Edição

Ministério da Saúde remete decisão sobre as pessoas a vacinar para lares

A decisão sobre as pessoas a incluir na lista de funcionários e utentes dos lares de idosos para a vacinação contra a covid-19 pertence a cada estabelecimento, clarificou hoje o Ministério da Saúde.

Ministério da Saúde remete decisão sobre as pessoas a vacinar para lares
Notícias ao Minuto

21:43 - 22/01/21 por Lusa

País Covid-19

"O preenchimento dos critérios para vacinação dos seus profissionais e/ou utentes é uma responsabilidade de cada instituição", explicou o Ministério liderado por Marta Temido, numa resposta enviada à agência Lusa, na sequência da notícia do jornal Expresso sobre a vacinação do presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, José Calixto, sem alegadamente preencher os critérios de inclusão nos grupos prioritários desta fase.

O autarca é também o líder da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva (FMIVPS), responsável pelo lar de idosos onde se registou um surto no verão e que provocou a morte de 18 pessoas, e foi por essa função que viu o seu nome ser incluído na lista de pessoas a vacinar.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a FMIVPS explicou ter indicado para serem vacinados "todos os utentes, funcionários, administrativos, técnicos e dirigentes que têm contacto regular direto com os utentes". Segundo a instituição, essa comunicação foi dada em "obediência às indicações recebidas pelas autoridades de saúde e da segurança social".

Contactado pela Lusa, o coordenador da 'taskforce' do Plano de Vacinação da covid-19, Francisco Ramos, disse não ter "nada a declarar" sobre o caso, mas ao Observador reconheceu que José Calixto "não deveria ter sido vacinado" e que "esteve mal" enquanto membro da administração do lar.

Já o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, admitiu que possa existir justificação para o autarca de Reguengos de Monsaraz ter recebido a primeira dose da vacina devido à sua ligação à direção do estabelecimento residencial para idosos.

"Se faz parte da direção" de um lar, "a situação, ainda assim, transforma-se e, talvez, por isso, tenha sido vacinado e, então, assim, justificar-se-á", afirmou António Lacerda Sales, em declarações aos jornalistas, à margem de uma ação no Instituto Português do Sangue e da Transplantação, em Lisboa, acompanhado pelos secretários de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, e Adjunto e da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches.

A afirmação do secretário de Estado Adjunto e da Saúde teve lugar depois de ter sido informado da ligação de José Calixto à instituição, uma vez que, momentos antes, havia declarado, perante a notícia do Expresso, que o autarca "deveria ter sido vacinado na fase correspondente, que seria a dos serviços críticos".

Em Portugal, morreram 9.920 pessoas dos 609.136 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Leia Também: AO MINUTO: EUA chegarão às "mais de 600 mil mortes", diz Joe Biden

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório