Meteorologia

  • 18 ABRIL 2021
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 24º

Edição

Luso-canadianos ajudam Primeiras Nações a ultrapassarem isolamento

Uma instituição no Canadá composta por maioritariamente por jovens luso-canadianos está a tentar fazer a diferença junto das comunidades indígenas no país norte-americano.

Luso-canadianos ajudam Primeiras Nações a ultrapassarem isolamento
Notícias ao Minuto

08:57 - 21/12/20 por Lusa

País Canadá

Há uma "diferença abismal" entre o Canadá junto dos grandes centros urbanos, das áreas rurais, comparativamente com as localidades onde se encontram as Primeiras Nações, em áreas remotas, com acesso apenas transportes aéreos. 

"Existem dois 'Canadás'. Um aqueles que todos conhecem, mas depois há o das Primeiras Nações, isolado, sem acesso por estrada, e no inverno por vias no gelo, com uma alta taxa de suicídio dos jovens, com desemprego, sem oportunidades em termos de educação, de socialização dado o número reduzido de pessoas que se encontram nas reservas", afirmou o assistente social, natural de Barcelos, distrito de Braga.

Outro dos problemas que afetam as comunidades indígenas no Canadá "é a falta de acesso a água potável", onde a própria alimentação não é equilibrada dado a falta de acesso a alimentos como "fruta e vegetais".

Desde 2016 que o 'Projeto Primeiras Nações' está a desenvolver programas culturais e desportivos na Primeira Nação de Attawapiskat, no norte do Ontário, após aquela comunidade ter declarado o estado de emergência, com 11 dos seus elementos a tentarem o suicídio numa semana.

Dadas restrições devido à pandemia e a impossibilidade de viajarem para as localidades remotas, os programas implementados pela instituição com sede em Toronto, funcionam apenas de uma forma "virtual", utilizando as redes sociais como ferramenta.

"Atualmente temos em funcionamento um programa de dança virtual, numa colaboração de escolas da Grande Área de Toronto com outras instituições de ensino junto das Primeiras Nações nas províncias do Ontário, Manitoba e do Quebeque. Além de disponibilizarmos um programa de educação física.", explicou Paulo Pereira, no Canadá há 30 anos.

Após o regresso à normalidade, o 'Projeto Primeiras Nações' pretende em 2021, voltar a Attawapiskat (Ontário), expandir-se para Moosonee (Ontário), e para o God's Lake Narrows (Manitoba).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório