Meteorologia

  • 13 JULHO 2020
Tempo
38º
MIN 22º MÁX 38º

Edição

SEF detém cidadão de 26 anos suspeito do homicídio do rapper Mota Jr.

O cidadão, detido no Aeroporto Sá Carneiro, no Porto, foi entregue à Polícia Judiciária (PJ) que confirma tratar-se de um "dos suspeitos da autoria dos crimes de rapto e de homicídio", de que foi vítima o rapper Mota Jr.

SEF detém cidadão de 26 anos suspeito do homicídio do rapper Mota Jr.
Notícias ao Minuto

18:57 - 26/05/20 por Notícias Ao Minuto 

País Aeroporto do Porto

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) enviou às redações, ao final da tarde desta terça-feira, um comunicado em que dá conta da detenção de um "cidadão nacional alvo de mandado de captura e detenção" no Aeroporto Sá Carneiro, no Porto.

A detenção, lê-se no documento, aconteceu esta terça-feira, e o cidadão português, cuja identidade não é revelada mas sabe-se que tem "26 anos de idade", está a ser "investigado por crimes de roubo, sequestro e provável homicídio".

"O cidadão foi intercetado no decorrer de um controlo de fronteira efetuado a um voo proveniente de Stansted, Londres", revela o SEF, acrescentando que em cumprimento do pedido de paradeiro policial, "o cidadão foi entregue à Polícia Judiciária".

De referir que, de acordo com informações que estão a ser avançadas por vários meios de comunicação, o cidadão detido esta terça-feira será o principal suspeito do homicídio do rapper Mota Jr., que esteve desaparecido durante cerca de dois meses e cujo cadáver foi encontrado recentemente - em elevado estado de decomposição - numa zona de mato em Sesimbra.

Aquando da descoberta do cadáver, recorde-se, a Polícia Judiciária assumiu de imediato que o jovem David Mota (vulgo rapper Mota Jr.) foi assassinado.

Entretanto, também a PJ faz saber, em comunicado enviado às redações, que através da Unidade Nacional Contra Terrorismo, e no âmbito de um inquérito titulado pelo DIAP de Sintra, deu cumprimento ao Mandado de Detenção emitido pelo Ministério Público competente, de "um dos suspeitos da autoria dos crimes de rapto e de homicídio, de que foi vítima o conhecido Rapper Mota Jr".

"O suspeito entrou em Portugal ao final da manhã, em voo proveniente do Reino Unido, tendo sido detetado aquando do controle fronteiriço efetuado pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, que de imediato alertou a Policia Judiciária", lê-se no comunicado da PJ.

O detido de 26 anos será presente às competentes autoridades judiciárias, esta quarta-feira, para o primeiro interrogatório judicial e aplicação da medida de coação tida por adequada.

[Notícia atualizada às 19h50]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório