Meteorologia

  • 03 ABRIL 2020
Tempo
13º
MIN 8º MÁX 20º

Edição

Câmara de Setúbal denuncia falhas nos TST, empresa diz que foi pontual

A Câmara Municipal de Setúbal denunciou hoje alegadas falhas dos TST (Transportes Sul do Tejo) no concelho devido a "dois ou três atrasos" pontuais no desdobramento de carreiras do período da manhã para Lisboa.

Câmara de Setúbal denuncia falhas nos TST, empresa diz que foi pontual
Notícias ao Minuto

20:03 - 26/03/20 por Lusa

País TST

Segundo revelou à agência Lusa fonte do Gabinete da Presidência da Câmara de Setúbal, nos últimos dois ou três dias, de acordo com aquilo que terá sido reportado ao município por alguns utentes, "não foram respeitadas as regras de capitação que estão em vigor devido à pandemia covid-19 (um terço da lotação dos autocarros) e, em dois ou três dias, não terão sido cumpridos os horários nas carreiras das 07:00 para Lisboa".

Em comunicado hoje divulgado, a Câmara de Setúbal adianta que já comunicou as alegadas falhas dos TST à autoridade de transportes da Área Metropolitana de Lisboa.

A empresa TST nega que tenha sido ultrapassada a lotação prevista neste momento para os autocarros, mas admite que alguns passageiros possam ter sido forçados a aguardar algum tempo pelo desdobramento, ressalvando, no entanto, que foram situações pontuais e que já estão a ser resolvidas.

"Algumas pessoas podem ter tido de esperar algum tempo pelo desdobramento, mas já estamos a preparar reservas para os desdobramentos, para que estas situações não se repitam", disse à agência Lusa fonte oficial da empresa.

"Estamos surpreendidos com a posição da Câmara Municipal de Setúbal e com a queixa apresentada à autoridade de transportes da Área Metropolitana de Lisboa em função de duas ou três situações pontuais em que foi necessário fazer desdobramentos, mas em que não houve uma falha de serviço", acrescentou a mesma fonte do TST.

Os TST esclareceram ainda que a quebra no transporte de passageiros devido à pandemia covid-19 foi de 80% no concelho de Setúbal, mas que a redução da oferta foi de apenas 40%, precisamente para garantir que não se ultrapassa o limite de um terço da lotação dos autocarros.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 480 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 22.000.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, registaram-se 60 mortes e 3.544 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, que identificou 549 novos casos em relação a quarta-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório