Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2021
Tempo
22º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Câmara do Porto prepara encerramento de parques e serviços municipais

A Câmara do Porto anuncia hoje medidas "mais musculadas" para conter a propagação do surto de Covid-19 no concelho, nomeadamente o encerramento dos parques públicos e de serviços municipais, revelou fonte da autarquia.

Câmara do Porto prepara encerramento de parques e serviços municipais
Notícias ao Minuto

12:40 - 13/03/20 por Lusa

País Covid-19

As medidas vão ser anunciadas ao início da tarde pelo presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, que, pelas 12:00, estava a ultimar um despacho para pôr em marcha um conjunto de medidas que pretendem contribuir para travar a difusão do novo coronavírus e consequente contágio, face ao evoluir da situação relacionada com a pandemia de Covid-19.

Fonte do município disse que o anúncio será feito através de vídeo. Em cima da mesa estão medidas como o encerramento de parques públicos e dos equipamentos municipais que não tenham sido encerrados, bem como o recurso ao teletrabalho nos serviços municipais.

"Parar tudo o que pode ser parado", assegurou a mesma fonte, garantindo que estão assegurados todos os serviços de proteção de civil e todos aqueles serviços considerados essenciais para a população.

Vão ser ainda desenvolvidos contactos com os parceiros do município em Macau e em Shenzhen, na China, por forma a, com base na experiência adquirida, encontrar, nomeadamente do ponto de vista dos equipamentos, medidas e soluções que possam ser consideradas essenciais no combate à propagação do Covid-19.

Na quinta-feira, o município tinha já anunciado que os serviços municipais da Câmara do Porto iam limitar o atendimento presencial de pessoas até 03 de abril, como medida preventiva face ao evoluir da situação da doença, apelando ao contacto por meio digital ou telefónico.

A autarquia sublinhava que a estratégia, que podia ser alterada a qualquer momento em função do evoluir da situação.

Na terça-feira, a câmara tinha já decretado o encerramento dos teatros e museus e mandou cancelar todos os eventos públicos até 03 de abril.

A câmara do Porto mandou também encerrar, temporariamente, os museus e bibliotecas municipais, piscinas municipais, o Pavilhão da Água no Parque da Cidade e os centros de educação ambiental.

As atividades desportivas promovidas no âmbito do município em recintos fechados foram igualmente canceladas, bem como a "Missão Férias" e todas as visitas de lazer, turismo ou de âmbito cultural ao edifício dos paços do concelho.

Todas as atividades complementares à ação educativa, como por exemplo visitas de estudo e passeios promovidas pelo município em escolas públicas, foram também canceladas.

O número de casos confirmados em Portugal de infeção pelo novo coronavírus, que causa a doença Covid-19, subiu hoje para 112, mais 34 do que os contabilizados na quinta-feira, e os casos suspeitos duplicaram para 1.308.

Segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS), dos 1.308 casos suspeitos, 172 aguardam resultado laboratorial.

A região Norte do país é a que regista o maior número de casos confirmados.

As escolas de todos os graus de ensino vão suspender todas as atividades letivas a partir de segunda-feira, segundo anunciou quinta-feira o primeiro-ministro, António Costa, numa declaração ao país.

Várias universidades e outras escolas já tinham decidido suspender as atividades letivas.

O governo decidiu também declarar o estado de alerta em todo o país, colocando os meios de proteção civil e as forças e serviços de segurança em prontidão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório